Categorias
MBK

Time Machine: Com um Sample de Mortal Kombat, Dia entrega o melhor disco do Kpop com WooWa

E aí, meu povo, como estão? Bora falar das rainhas que decidiram roubar a coroa do Disco para elas com esse lançamento? Uma pena que foi o único nesse formato, né não?

Depois de samplearem ilegalmente uma demo da Tinashe em WooWoo e conseguirem um hype dentro e fora da fanbase, principalmente pela meia dúzia de fãs da outra colega surtando para cima dos três ou quatro fãs desse grupo, a MBK enrolou tanto com um comeback, que perdeu o hype delas, mas que WooWa prometia ser um dos singles mais poderosos delas em tempos, eu tinha certeza!

O Mv começando com a Kween que não sei o nome colocando um Disco nessas máquinas antigas e a íris dos olhos mudando para depois o instrumental explodir num Ar fliperama de Mortal Kombat foi o arrebate que todos precisamos para recuperar a energia vital e fazer elas ganharem o coração de todos.

Disso, o instrumental foi ganhando força, as meninas ganhando glamour, explodindo em um refrão dançando em que tivemos uma coreografia viciante, sensual, do jeito que uma música assim pede, para fazer geral viciar ainda mais em um refrão explosivo.

WooWa é uma música que encanta, que diverte, ela faz o Dia sair daquela zona de música aegyo chata para ser um grupo que iria amadurecer aos poucos, e a cada comeback entregaria músicas que os Gays amariam mais e mais e seriam as filhas que o T-Ara mereciam.

E comparado aos álbuns do começo da carreira, as músicas condiziam com a title, e estava tudo propício a terem b-sides mais interessantes. E assim foi com No, um instrumental mais 8-bit, com retrô e um eletrônico ao fundo que, juntos, fizeram a música ser dançante, a melodia é viciante, principalmente aquele pop disfuncional que parece uma mola saltando.

5 More Minutes já é o lapso que elas tiveram e lançaram um midtempo vocal, com um instrumental mais indie e nostálgico, parece música de se ouvir enquanto se vê o por do sol. E, por fim, elas encerram com Crescendo, um synthpop mais aegyo e colorfull, é uma música que remete ao começo da carreira, mas com aquele ar de retrô para conversar com o conceito.

Não foi um álbum que seguiu a risca o cnceito de NewTro, mas entregaram uma title para lá de perfeita que fariam as meninas ser o que muitos conhecem hoje, um grupo que a MBK ignorou cada viral e decidiu fazer o errado. Mas se nem com o grupo de machos da empresa eles conseguem acertar, quem dirá com as mulheres, né?

4 respostas em “Time Machine: Com um Sample de Mortal Kombat, Dia entrega o melhor disco do Kpop com WooWa”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s