Categorias
EXID

EXID lança Burn para mostrar aos nugus como se faz música de Nugu

E aí, meu povo, como estão? E mais um grupo que saiu das catacumbas da segunda geração para um comeback em 2020!

O comeback do EXID pegou meio que todos de surpresa, até porque era um grupo que teve o disband só na Coreia do Sul, já que o contrato no Japão ainda era vigente. Mas assim, com tantos singles ruins que ninguém lembra. Disso, elas vieram para comemorar os 10 anos do grupo.

Fire é uma faixa que capricha nos melisma de nugu, é uma faixa com um instrumental tribalizado e que trabalha o eletropop e algumas entrelinhas que sempre destacaram o EXID em meio aos demais grupos. Enquanto mais de 90% do Kpop ia para um aegyo pueril, elas vinham nesse sexy mais “explicito” que fazia elas se destacarem.

Hoje, o grupo seria mais do mesmo, principalmente com a produção da LE, que já pegou demos próprias e deu de presente para o Tri.Be. Essa faixa facilmente seria um comeback das setes tribetes do ShingsaDong Tiger, então assim, fica difícil defender.

Mas a faixa não é ruim, pois é exatamente aquilo que eu esperava do grupo, principalmente desde o primeiro teaser, que foi o break dance final. Para mim, ainda faltou um pulso mais firme no instrumental do refrão, uns tambores mais forte e ecoantes do que somente um eletropop simbólico.

Elas vieram com um single álbum, com somente duas faixas. Diferente da titles, elas foram para um lado mais safe de algumas titles mais cruas e sentimentais dela. Não tem nenhuma Lady, mas tanto LEGGO quanto IDK vão para um eletropop intenso e que faz o grupo sair de uma zona que se esperava do grupo (Infelizmente não fiz time machine delas para ter uma noção maior, assim como eu fiz com o DIA).

Elas mostraram aos grupos mais novos como se destacar em meio ao marasmo de sempre, somente o grupo mesmo que faltou um pulso mais firme e bombástico para esse comeback ser realmente marcante. MEsmo assim, elas conseguiram ser mais fortes que grupos mais intensos de fãs como o BlackPink e o BTS (Que vamos comentar levemente aqui, mas os dois comebacks mais aguardados do anos foram dos dois grupos e os mais velhos que fizeram retorno conseguiram deixar os 2 grupos no chinelo!).

Eu ainda achava que elas poderiam ter ido para um lado mais Lady, ou até mesmo um evolução mais camp do que foi o último comeback delas com Me & You.

2 respostas em “EXID lança Burn para mostrar aos nugus como se faz música de Nugu”

A música não é ruim, mas falta aquela “identidade” que o EXID sempre imprimia nas suas músicas. Isso é uma pena, porque a identidade sonora do EXID faz muita falta no k-pop de hoje.

Quanto ao MV, confesso que demorei pra identificar a Hani. Espero que seja só um caso de maquiagem carregada, e não o resultado de uma visita dela às clínicas de Gangnam (ela está bonita, mas é uma das últimas idols que se beneficiaria de uma mudança de rosto, porque o dela sempre foi perfeito).

A Hyelim também tá diferente, mas acho que ela já tinha feito um preenchimento labial na época de “I Love You” (e apesar de eu achar que ela já tinha um rosto perfeito antes, o preenchimento não piorou o rosto dela, embora também não tenha melhorado; só deixou um pouco diferente mesmo, mas nem melhor, nem pior), então a diferença já vem daquela época.

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s