Categorias
LightSum

LightSum ressuge das cinzas com mais um teen crush que eu amei, mas convenhamos…

E aí, meu povo, como estão?

Como eu disse em um comentário no post da Rafa: “Só consigo pensar que a Soyeon será para o LightSum o que HyunA foi para CLC, e isso acaba se tornando um ciclo cansativo. Okay, as meninas já estão em um teen crush que, com um comeback decente, faz uma transição boa para o GirlCrush/GirlPower (Só que a CUBE não pensa, capaz de esperar mais 2 comebacks em teen e tacar um Hobgoblin 2.0 com nome de algum dorama famoso do mês e o caos torar para cima delas)”, vamos dissertar sobre?

ALIVE é uma faixa totalmente derivada de um Teen Crush que o Weki Meki lançaria fácil se não tivesse lançado a farofa para os gays com COOL ou cantado para subir (mesmo que não oficialmente) com Siesta. A faixa é alegre, divertida, tem poder para ter uma dança foda, tem um fator que é o vocal das meninas, mas esse MV confirmou aquilo que todo mundo já disse: o grupo é grande.

Eu ainda consegui diferenciar algumas nos comebacks anteriores, mas aqui as que tinham que se destacar, se destacaram, e quem tinha para ficar ofuscada, perdeu qualquer brilho. Claro, podemos citar que a cor amarelo é totalmente insossa, não é o rosa glicemia alta como Vanilla nem o azul chique com Vicace.

E junta que simplesmente a CUBE enfiou no cu do porão da empresa as meninas desde o último comeback, acaba juntando que as meninas simplesmente sumiram, não fizeram mais promoções, o que faz o povo esquecer muito delas. E assim, foi mais um cagada da empresa, ainda mais com um grupo que, no debut, morou no TOP 50 dos charts da Coreia do Sul, e isso não é para poucos.

Eu realmente tiraria umas 3 do grupo hoje, que basicamente são as subvocal que só tão lá para ser a terceira voz, já que a main vocal é a visual também (Que está belíssima nesse MV) e a lead vocal faz o resto.

Eu já acho difícil elas quererem que o grupo venda muito, ainda mais o primeiro mini álbum sem uma divulgação decente, ainda mais que esse EP não prometia tanto assim pelos teasers. Difícil assim conseguir alguma coisa.

Com I, elas abrem com um lado mais ITZY entre Sorry Not Sorry e Wannabe, é uma faixa chique que usa um pouco do club house, é bem boa, e divertida, faria mais como title, sendo uma continuação interessante e mais coesa com Vivace. Já com Good News, é apenas uma midtempo com pegada mais voltada para um OST, é uma faixa suave indo para um aegyo eletrônico.

E do nada, Q é a faixa que vira para um PC Music mais hardcore, com uma pegada bem ITZY mesmo, e os vocais agudos fazem ter esse sentido, com grande impacto. E Bye Bye Love encerra mesmo o álbum com uma balad vocal mais emotiva com um quê eletrônico, provável que fãs mesmo amaram bem mais que eu, lembra as músicas do Marshmellow.

LightSum está tendo um rumo diferente do todos os GGs que a empresa já teve, mas quanto a ser deixado de lado, tá indo como foi o CLC, e sabemos o final que teve. Se for para a Soyeon salvar o grupo, que seja logo no próximo comeback enquanto dá tempo de sair testando ritmo e estilo antes de virar um novo CLC, que de cristal polido, tinha nada.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s