Categorias
Hyoyeon/ DJ HyO

DJ HyO dá um murro no Homem Aranha enquanto é a Black Widow de Kwangya em Deep

E aí, meu povo, como estão? Bora falar da nossa DJ favorita que bota medo no Alok?

Esse comeback da DJ HyO foi tanta algazarra em uma única divulgação que a SM simplesmente choca geral fazendo nada: foi a foto de uma fodendo aranha marcando a tag #GirlsGeneration, aí foi a Taeyeon tentando apaziguar falando “Que porra é essa?”, mas só deu mais gás no povo.

Aí foi o anúncio do primeiro EP da HyO, fiquei feliz, mas a SM deu a doida e reciclou todos os singles da mulher (Que nunca viram uma versão física, diga-se de passagem), e somente duas faixas inéditas. Olha, ao menos já dava logo um Full Álbum de 8 inéditas que engava melhor.

Disso, o teaser entregou um ritmo farofento, mas pareceu muito barulho para pouca coisa…

Deep, deep, deep, deep! E ela fez todos os homens aranhas do aranhaverso chorarem!

Ela simplesmente pegou um EDM clássico da HyO que serve para bater a bunda no chão a cada deep que ele repetia no refrão. E a divisão do refrão em duas partes fez a música ter uma flexibilidade e animosidade maior, é uma faixa intensa e poderosa, com muita arritmia em PC Music que faz a música deslocar para um ritmo dançando e viciante.

E toda a construção da música, mesmo tendo aquele break de dança mais deslocado, digno de SM e a cara da DJ HyO foi super bem colocado, sem parecer caótico, mesmo que o instrumental dessa parte seja o máximo do caos.

E felizmente ela largou as dancinhas de Tik Tok básicas e colocou algo mais potente mesmo, a Dance Machine mostrou para que veio, colocando muito caos e poder em seu visual, a mulher é a verdadeira Viúva Negra nessa MV, com muita teia, muito homem preso em suas garras, muita cena de filme creepy.

Primeiro, que capa de álbum feia!

Segundo, essa segunda faixa original do álbum dá um ótimo single de verão, eu facilmente vejo Stupid com toda aquela vibe confortável que o single de Second, é uma música que bebe do pop bubblegum com um ritmo eletrônico, com uma vibe intensa e poderosa, e uma aura praieira muito intensa. Se a SM lançar um MV sequer para essa faixa (O que é difícil), eu já ficaria feliz, além do EP dela poder ser considerado um EP visual.

Palhaçadas a parte sobre a divulgação desse EP, a mulher manda muito bem nas suas produções, ela conseguiu muito fazendo essa faixa sair, contrastando muito com o que a Tae entrega, que sai do delicado e angelical para algo poderoso e intenso, um GirlPower menos diferentão, mas que combina com ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s