Categorias
Solar

Solar finalmente entregou o lado pop que esperávamos de mais uma Mamamoo com Honey

E aí, meu povo, como estão? Essa aqui demorou muito, mas finalmente Solar ganhou uma luz aqui no meu blog.

Solar fez seu “debut” oficial ano passado (Ou foi retrasado) com Spit It Out, uma faixa que parecia descarte da Hwasa, e isso não ajudou muito a gostar da faixa, pois a Hwasa já tinha um jeito próprio (Que acabou ficando sem graça depois que Maria, Mariah cansou). Disso, o novo mini álbum da gata prometia muito, incluindo a title

Com Honey ela pegou uma demo que poderia ser de alguma idol de empresa fundo de quintal e que depende de 6 gays do Não Pause o MV para sobreviver. É um club house safadissimo com drop no refrão que poderia ser um vouge, mas cresce no pós-refrão com um ritmo frenético e despivetado de um bubblegum pop mais maduro, pegando até um ritmo mais R&B e funky.

A música é bem divertida, ela acompanha toques de sintetizadores aqui e ali, uns melismas instrumentais que crescem bastante e chega no refrão. E o melhor deixa faixa que não precisa um vocal extremamente intenso, permitindo a Solar deixar seu vocal bem natural, sem necessitar de efeito ou forçar para sair mais alto, o vocal mais sussurrado dela, que chega até ser sensual, amplia muito a força da música.

E quando ao clipe, a RBW sempre é uma colcha de retalhos, não sabe o que fazer com suas solistas, não sabe dar um direcionamento visual. Enquanto a Hwasa é uma gostosona que piranha em ritmos sensuais, a Moonbyul é a idol com estilo que flui do não-binário e andrógeno, sem se titular em algum estilo. Assim, faltou a solista que trouxesse um ar chique que caminha lado-a-lado do Camp. Se não fosse a Solar, provável que esse clipe fosse 100% brega, mas ela tem um ar Patricinhas de BervelyHills, e isso faz essa colcha de retalhos de visuais ficar conceitual, com muitas cores, mas ambientação monocromática.

Eu tô gostando de uma moda no Kpop que é pegar certas intros e fazê-las virar faixas de álbuns futuros. E dessa vez, a intro de Spit It Out virou uma intro mais longa, RAW é uma mescla latina com indiana, tem um ritmo forte, entrega uma intro de show perteita para os solos da Solar, é uma faixa que carrega poder, facilmente poderia ser uma faixa toda, mas aqui eles preferiram mais uma intro mais longa, e não os 10s de antes.

Chap Chap é quase um Alcohol-Free dela, mas com um toque bem mais Mamamoo do que Twice, a bossa nova na melodia é super fresh, é uma melodia muito de verão, combinando também com a primavera, facilmente uns drinks e um microfone fariam um clipe para essa melodia, ainda mais com o refrão gritando um filme teen de adolescentes da netflix.

Direto de alguma demo de alguma bunduda do Kpop, a Solar encarna um jazz club para falar sobre a Big Booty dela de uma maneira tão confortável e na cara da Coreia do Sul que nem sei como não surtaram com essa faixa. A melodia é super good vibes, é aquela faixa de comer a sobremesa enquanto o couver artístico é a Solar e a gente ignorando a letra super +18 do role.

E encerrando com zinggle zinggle, ela pega aquela demo do Mamamoo e encarna um R&B mais sensual e fim de álbum mesmo, é uma música gostosa, os sintetizadores no meio dão um ar melódico enquanto a faixa flui, não é a mais marcante, claro, mas ela faz mágica com uma melodia em instrumental mais simples.

Mesmo depois de muito tempo, e depois de ler a review de alguns da Blogosfera, eu me surpreendi com esse comeback, eu real só consegui ouvir o álbum no último dia 23 de abril, mas saiu a pauta. A title é ótima, assim como o EP, poderiam ter trabalhado melhor em RAW, único ponto mais fraco do álbum, de resto, tá tudo ótimo, que a Solar continue nesse estilo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s