Categorias
Pentagon

Pentagon abraça seu lado viado e menos heteronormativo com Feelin’ Like

E aí, meu povo, como estão? Bora comentar desse grupo que ainda se mantem vivo mesmo estando na CUBE?

Pentagon não anda fazendo muitos comebacks, os dois main vocals estavam no exército, e um deles é o Hui, o principal produtor do grupo. Outros também colocam a mão na massa, mas não sei se é a principal atividade deles, e tirando o Yanan que está fazendo dinheiro no China, não sei como são os trabalhos solos dos outros. Disso, depois de muitos erros, essa aqui pareceria ser um acerto e tanto deles.

Feelin’ Like é aquela faixa deep house que alguns acts masculinos tem encarnado para não seguirem essa onda machão que o NCT tem propagado. SF9 é um ótimo exemplo de como fazer esse estilo, e eu fiquei chocado com o Pentagon lançando uma dessas. Não é aquele ar bobão que temos com Sha La La e Shine, mas também não pesa no instrumental com um lado machão como Dr. Bebe e Basquiat.

Okay, a discografia do Pentagon chega a ser quase experimental, tem o ar deles em todas as titles, mas nada segue uma linha, então seria questão de tempo até pegarem uma demo dessas. Nem CLC ou (G)I-dle seguiam uma sequência sonora previsível, mesmo dentro do mesmo estilo, mas não entrarei nesse quesito.

E o MV é muito bem feito, ele contrasta mais um ar sóbrio e o lado dos integrantes, tem uns aí que não combinam com o estilo, Wooseok e o Yuto são muito machões para um estilo que precisa desmunhecar, os demais se saíram bem, mas esse estilo é do Jihyo e o Yanan.

E o mini álbum contém mais 5 faixas, além da inédita. Começando com One Shot, o single pareceria mais um comeback do grupo, é um rock que o grupo já havia testado lá em Daisy, mas agora com a onda do emo rock, seria uma ótima para eles. Agora, se eles quisessem inovar demais, teria The Game, uma faixa bem NCT, ou Basquiat/Dr.Bebe igual eles já fizeram. É uma faixa disfuncional, o instrumental em PC Music arranha com um som catédrico e gótico, é uma faixa estranha, mas a cara do Pentagon.

Call My Name segue a linha deep house, mas colocando um rock no instrumental, a faixa é viciante, ela impregna em você enquanto aproveita um show. Sparkling Night é uma faixa melódica, aqueles rock final de tarde, em que o pôr do sol te abraça com força e você aproveita a vida. E claro que BAD, a última faixa, seria aquela midtempo em violão.

Eu achei, se não o melhor, um dos melhores do Pentagon, e um mini álbum maravilhoso. Sem BAD, o EP seria impecável, pois segue o que o Pentagon já trouxe, de um forma boa, e uma title impecável. E aquilo, sou suspeito a falar do Pentagon, eu gosto do grupo, até das bagaceiras que eles fazem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s