Categorias
Taeyeon

Taeyeon se entrega ao um rock melódico em Can’t Control Myself, revelando um lado cruel de um relacionamento

E aí, meu povo, como estão? E bora voltar à nossa rotina depois de uns dias em hiatus e colocar em ordem essa avalanche de lançamentos que tivemos!

Taeyeon começou o ano trabalhando na unit duvidosa GOT The Beat, mas tudo isso era uma forma da SM ser obrigada a dar um Full Álbum para a Taeyeon, finalmente, estive esperando por isso há tempos, eu preciso da rainha da sofrência do meu coração de volta. E para isso, ela entregou um single pré-release para sabermos o que poderemos esperar do novo álbum dela.

Can’t Control Myself é uma preciosidade em música, ela conseguiu inovar dentro um estilo que vem se tornando moda, que é o rock. Sabe aquelas demos em rock que sabemos que é impactante sem precisar explodir tanto, mas a melodia vai subindo com o evoluir da faixa? Assim ela conseguiu trabalhar, entregou um ritmo gostoso de ouvir, que seja melódico, fazendo o coração se sentir confortável, mas com aquele clima de instabilidade emocional que a mulher entrega em suas faixas.

E a track como um todo tem um sentimentalismo fraco, mas que é carregado pela letra e pelo visual que ela entregou, acho a Taeyeon com esse loiro como se ela tivesse pronta para te dar um murro na cara e ainda você agradecer. Ela fala sobre ficar louca perto do amado, mas com aquele quê psicopata e insano que a faixa explode.

E isso também se vê no MV, em que ninguém parece entender como ela se sente, e o amante usa isso para promover ela como atriz, e a cena dela chorando no final, com as lágrimas de tinta, achei aquilo perfeito, uma ótima forma de maquiar que ela está chorando sangue. Vemos no final ela toda machucada, vemos como ela ficou depois desse romance, e como ela foi pintada de doida e ele saiu de bonzinho. Só faltou um balde de tinta sendo jogada nela no final para dar um ar maior.

E assim como Psycho do Red Velvet, em que colocam um amor psicopata pelo olhar do acusado, vemos aqui a Tae fazendo isso, mas mostrando o lado da vítima perante o olhar do amante que a abusava psicologicamente. É um clipe pesado, tem umas nuances que se pegar, você entende o quão bem feito foi o clipe, e de uma forma que seja teatral para não ser barrado das televisões coreanas.

E eu amei demais, estou bem já ansioso pelo álbum da Tae, e torcendo para que a SM entregue mais uns clipes para as b-sides, tenho certeza que ela nos trará muitas faixas excelentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s