Categorias
2021

TOP 100 | As melhores músicas do Asian Pop em 2021 [100-91]

E aí, meu povo, como estão? Bora começar a lista mais esperada do ano?

Isso foi ontem quando eu disse que dia 21 eu começaria a postar essas pautas, mas acabou que eu estou sem conteúdo para vocês. Tendo uma ideia de que meu top 13 de músicas do APP Universe vai ter que esperar a nova música do Oh My Girl. Claro, é uma baladinha natalina pela data festiva, mas vai que elas lançam uma balada natalina a la The Fifth Seasons? É pedir muito para me ganhar.

E como ainda tô arrumando as faixas finais de mais ouvidas, melhores álbuns como um topo, além de um resumão para encerrar o que deixei para trás para acabar o ano com a playlist zerada, então melhor entregar o principal ganha pão de dezembro para vocês e começar janeiro de 2022 ou com música nova (Porque tem gente soltando 1001 comebacks já, ou soltar um Time Machine melhores do que aqueles que soltei ano passado)

Lembrando, essas listas são as faixas que eu escolhi de uma playlist que hoje passa das 500 MÚSICAS, então assim, até que foi fácil comparado a ano passado, ainda mais levando em conta as 20 que eu deixei de fora que seriam um TOP 110 e aquele caos que eu quase apanhei do Lunei no Twitter.

E outro lembrando, são faixas que eu gostei, ouvi bastante e que tiveram sorte de eu estar em EAD e as ouvirem o ano todo. Ano que vem eu não sei quais terão essa sorte, pois o presencial da medicina volta 100% e minha faculdade eu viveria nela das 7h da manhã até 22h da noite de segunda à sexta (E talvez eu tenha cursos e congressos aos sábados… Ai meu dinheiro que não tenho sendo gasto), então… Ano que vem será um jogos vorazes

100: Sunmi – Go or Stop

Abrindo o fim do pódio, Sunmi lançou essa enquanto esperava o Girls Planet 999 acabar, querendo abraçar nerds de LOL pelo teor sci-fi do MV e abraçar ainda mais as gays com uma música que é um eletrônico de drag. Eu meio que ignorei todo o caso que ela causou no GP e o caos ainda maior que tentaram fazer com ela, pois a faixa é maravilhosa, mas ela não ficou tão forte na minha mente para subir tanto.

99: Somi – Anymore

Somi matando a nostalgia de todos os fãs da Disney na época da Demi/Selena/Miley com essa aqui. Anymore é uma faixa gostosíssima, um rock teen contido que me prendeu bem, eu mesmo dei uma forte elogiada nela (EU ACHO) na pauta solo, a música é aquela ótima pedida para quem tá voltando da faculdade depois de morar lá por 10 horas.

98: Victon – What I Said

O comeback do Alvin e os Esquilos… Eu taquei a paulada na cabeça deles quando saiu, foi parar em resumãos e tals, mas a faixa foi aparecendo os meus recomendados ou no meio das playlists, foi me afeiçoando. Não é a melhor deles, temos MayDay que é perfeita, mas What I Said tem seu carisma, falta o Weeekly socar uns auto tune na voz e vir com as Esquiletes.

97: Red Velvet – Queendom

E vamos de caos na blogosfera com Red Velvet morrendo tão cedo com a sua title. Assim, Queendom é boa, mas depois de uma Psycho… Não, entende? A faixa é tudo que o grupo já entregou, mas não tá nem pro Red nem pro Velvet. É uma faixa que combina com o final do verão e início de Outono que as meninas tinham quando saiu a faixa. É uma faixa boa, mas para o Red Velvet e como o único ato do grupo no ano, é pouco.

96: Chung Ha – Bicycle

Outra que, coitada, morreu bem cedo esse ano depois de entregar hinos maravilhosos ano passado, os quais ficaram para cima do TOP 50, foi a Bicicretinha da Chung Ha. Dizer que eu não amei a faixa seria mais fake news que as lorotas que falam das vacinas (Alias, vacinem-se!). E eu amo essa vibe girl power ostentação que a Ariana Grande teve com 7Rings e não seria diferente da Chung Ha, que ainda tinha uma coreografia ótima e a famosa frase “You like when I Ride It”… Uuuuhl Girl!

E a faixa foi boa e memorável o suficiente para estar aqui, mas ainda temos b-sides bem mais marcantes.

95: SunMi – Call

Falando em b-side, temos Call da Sunmi. Eu não gostei da title desse EP dela, mas as b-sides me ganharam muito. E para representar, eu peguei essa aqui. Ela tem um quê melodramático que combina com a vibe toda do álbum, assim como EP como um todo. Borderline seria uma pedida ótima se a faixa não tivesse sido lançada ano passado (Isso se não saiu ano retrasado). A faixa empolga muito, ela é dançante, mesmo tendo esse quê triste nela.

94: Enhypen – Tamed-Dashed

Acho que essa aqui foi surpresa até para mim ter gostado da faixa, Enhypen tem sido um grupo com titles bem diferentes do usual dos boys ultimamente, e isso tem sido bom para eles se destacarem. Já que são de empresa grande, que façam o diferencial (Não é NCT?). E essa faixa que saiu no OUTONO é tudo o que o verão coreano esperava, é fresh, divertida, um refrão quase em EDM, mas que tem vocal (Mesmo em autotune) e deixa a faixa ainda mais animada.

93: Hyuna – I’m Not Cool

O Lalisa da HyunA saiu lá em janeiro e eu fiquei viciado na faixa. Eu gosto da estrutura da YG para músicas, mas desde quando o refrão final pareça um encerramento, e aqui o PSY reciclou as demos de forma empolgante. E outra, a HyunA está nessa vibe camp desde o ano passado, o clipe de Good Girl que seria do ano passado tinha essa mesma vibe (Mais contida, mas tinha). E aqui ela pegou um EDM em cima de EDM, fazendo a música ser um crescendo brutal até explodir num refrão mais estourado ainda, é uma bagunça em cima de bagunça. Eu poderia ter colocado Ping Ping aqui também, mas bora trazer diversidade para TOP, né não?

92: Oneus – No Diggity

Essa aqui deve chocar alguns, mas assim, eu sou fã demais do Oneus, mesmo as faixas mais ruins deles (Tem essa, aquela A Song Written Easily), e o que me cativou muito foi o visual também, todos estão lindissimos, gostosos, pelo amor HwanWoong (A censura do Blog pegou o que o editor escreveu).

E assim, mesmo sendo um tryhard fodido a faixa, eles ainda continuam com a essência aviadada deles, o que foi ótimo para as demais que eles lançaram durante o ano. E o álbum deles também não foi de jogar fora como alguns falaram, Lion Heart é meu xodózinho.

91: Sorn – Run

Assumindo, eu dei uma esquecida nessa faixa durante o ano, mas sempre que lembrava, era repeat, nem que fosse no Youtube mesmo. Sorn não teve o debut mais produzido e mais cativante da carreira, mas coloco promessa nessa nova empresa dela, e pelos feats que a mulher tem apresentado, ela tem poder para entregar bastante girl power estilo CLC, e a mulher tem carisma (Bem mais que uns por aí).

Seria sonhar alto, mas ainda sonho com ela fazendo um feat com a Elkie, as duas eram vocalistas do CLC, imagino o baladão vocal que sairia. E essa faixa lembra muito aquilo que falei para a música da Somi, ela é relaxante para depois de um dia corrido.

E aqui foi a primeira parte do meu TOP 100, espero que continue assim nos próximos dias, mas quem sabe estoure uma bomba e eu precise fazer uma pausa (E se faltar pauta até dia 31 de dezembro, tem a review das apresentações do Mama 2021, apesar de não ter muito o que falar).

19 respostas em “TOP 100 | As melhores músicas do Asian Pop em 2021 [100-91]”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s