Categorias
KPop

Nugus, unidos, jamais serão vencidos! A saga DreamNote, BugABoo, Secret Number e do PIXY

E aí, meu povo, como estão? Sei que estou sumido, faculdade comendo minha vitalidade com farofa para sugar minha sanidade mental e física, mas nada do que bons lançamentos para alegrarem nossa semana de forma excelente.

PIXY – Moonlight

Eu não comentei de Bewitched quando comentei sobre o álbum porque eu achei que ela seria a double track, mas tivemos o MV para Moonlight, em que elas miraram numa animação cartoonesca de forma bem interessante, trabalhando como espiãs em uma cidade a la Las Vegas, de uma forma curiosa. Não é uma animação da Pixar, mas elas fazem muito bem.

E Moolight é uma música tudo de bom, ela é suave dentro das entrelinhas, tem um quê divertido, e até sexy na faixa, eu não me peguei ouvindo tanto, Addicted me pegou com mais força, elas fizeram lindo nessa aqui.

BugABoo – BugABoo

Nada como um bom cowtry style para um grupo debutar. Mas aquilo, a faixa é muito básica pelo que prometiam, ainda mais com um conceito tão terror assim. BugABoo é uma faixa muito boa, lembra aqueles singles do David Guetta que ninguém dá moral, mas hita. A faixa tem uma evolução legal, lembra muito follow-up, o refrão tem aquele quê mais bubblegum, e a repetição do nome da música e, por consequência, nome do grupo, é uma boa jogada mercadológica.

Eu achei o break BEM desconexo, mas né anjos, Next Level existe e hitou esse ano, povo vai meter umas construções mais experiementais nas músicas.

E eu achei o MV muito bem feito, eu realmente achei a temática boa essa pegada teen crush com terror, é o que o Red Velvet fez em Peek-A-Boo, mas faltou aquele tchan de terror maior.

DreamNote – Ghost

Quem realmente saiu das tumbas foi o DreamNote. Grupo para lá de nugu, conseguiu fzer um comeback depois de quase dois anos em hiatus, e aproveitaram bem a época do halloween para um revamp no conceito que era um aegyo e virem com O melhor terror de 2021. Não que tivemos o Red Velvet nessa época, mas não achei que Because do Dreamcatcher carregasse bem um terrorzão.

Eu facilmente posso pensar numa playlist para domingo, dia das bruxas, ou dia do Saci, ou dia da Jumenta voadora, temos várias comemorações para o dia.

A faixa é muito boa, ela tem o crescendo em épico freaky, carrega muito no refrão que estoura em uma melodia trágica. É um agudo demais, se você está com o fone alto, meus pêsames a sua audição. Eu gostei bastante do visual também, as meninas conseguiram elaborar uma estrutura de história interessante.

Roteiro é nulo, é muito carão, coreografia muito boa, por sinal, mas tem várias referências de terror que não se ligam. Claro, eu posso analisar depois, mas sem nada tão profundo ainda, é aproveitar esse comeback do grupo (E nossa, se esse for último lançamento delas, ao menos, fecharam com chave de ouro).

Secret Number – Fire Saturday

Realmente? Eu não estava ansioso para esse comeback. Os teasers solo não me deram empolgação, eu achei que a faixa seria um porre. No final, eu me surpreendi, é uma faixa muito dançante, conversa com a discografia do grupo, tem aquele ar de segunda geração. Enquanto eu achei Got That Boom muito música do Kara, aqui elas pegaram aquele auge do maduro do T-Ara, elas realmente fizeram lindo revisitando o passado.

A faixa tem as suas entrelinhas interessantes, o sintetizador, a música estourando no ar, a melodia mais retrô, e isso conversa com o visual, está tudo muito colorido, mas tem aquele quê organizado, não parece tudo jogado. Eu ainda não entendi o porquê de adicionar outras duas integrantes, talvez uma para substituir a Denise que está em processo de renovação/rescisão de contrato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s