Categorias
Black Swan

Black Swan quer estar Close to Me antes que a DR Music soque mais uma integrante no grupo

E aí, meu povo, como estão? Bora comentar antes que eu fique sem tempo hoje?

BlackSwan é o primeiro grupo de kpop a ter uma brasileira na line-up (Mas não o primeiro da indústria, pois tivemos uma banda com um brasileiro como baterista, mas isso é história para outro dia). Disso, elas tiveram logo a perda da primeira integrante, que era do finado Rania, e o caos todo que mundo geral sabe sobre a entrada e saída de integrantes, mas foquemos na line-up de agora e o primeiro comeback após quase (Ou se não mais de) um ano.

Quando saiu o primeiro teaser, achei que viriam com um EDM safadíssimo e datado de 2010 como foi o debut, mas depois elas despencaram em um girl crush mais jovial, sem despencar no teen, mas sem aquele bate lata do tryhard que as filhas do Teddy com o Yang desovam anualmente.

Close to Me é uma faixa que bebe muito do bubblegum que mescla o PC Music. Muitos falaram sobre parecer com alguma do ITZY, e realmente parece, aqui tem aquele quê que a JYP acerta nas meninas, principalmente naquela primeira trilogia das meninas. Mas aqui a DR Music acertou bem mais no fator vocal, não é tão agudo, fora o foco enorme que conseguiu dar para a Fatou e a Leia.

E concordo que isso é excelente se você diz e anuncia que o grupo é global, sempre importante ressaltar. E isso não foi apenas na música. Claro, se na música você aparece mais, em tese no MV também, e com uma pegada continuação de Telephone da Lady Gaga, elas estão lidas, fazendo milagres com 5mil wons e alguns patrocínios da Lojinha da Tia Sofia pela Shopee. Elas são prisioneiras que sensualizam super intensamente, com toda a forma que elas poderiam querer.

É sempre bom citar grupos pequenos e rookies com sua discografia escassa, mas que preguiça desse mini álbum com 5 faixas, sendo uma regravação remixada de uma do Baby Vox, se não me engano, uma versão em rock da title e suas respectivas versões em inglês. Mas fiquem de olho, o próximo mini do BlackPink será nesse nível, e olha se tiver title oficial e não reciclarem alguma baladinha para o disband oficial ano que vem (Mas quem sabe seguindo a crença de blinks que elas consigam ressuscitar em outra empresa, né não).

Eu gostei bastante do comeback, mas ainda não sei se ele vai para minha playlist, pensando ainda. É meu estilo, mas né, isso não significa muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s