Categorias
Red Velvet

Queendom do Red Velvet entrega o que elas sabem fazer de melhor

E aí, meu povo, como estão? Finalmente um dia sem nenhuma notícia ruim?

Red Velvet finalmente saiu do hiatus de quase dois anos, entregando seu sexto mini álbum de estúdio (Eu sempre me assusto como alguns atos da SM sempre tem muito mais LPs e quando entregam um mini eu me choco). Disso, depois de várias fotos lindíssimas, depois de um tempo sem a Irene bater em algum proletário, e com a Wendy sendo racista mais uma vez, tivemos o então aguardado retorno.

Queendom, para mim, é uma versão melhora para ser uma title de In & Out, lá do The ReVe Festival – Finale. A melodia não chega a ser explosiva em ponto algum e é uma forma da SM trazer de volta um grupo que há tanto tempo estava em hiatus. E assim como foi com o EXO e o Shinee (Sim, Don’t Call Me é um formato assinatura do grupo, temos eles com Everybody na discografia… O foda é que DCM é algo mais machão que eles não tem), Red Velvet entregou uma faixa que relembra muito singles mais pé no chão delas, como Psycho (E só, né? Todos os singles delas são experimentais de alguma forma).

E claro que não posso deixar de citar o refrão sendo em coro e o último tendo a Seulgi e a Wendy soltando o gogó, né? Saudades disso.

E isso se reflete no MV, em que elas comandam uma fábrica de presentes, em que elas exportam todo o tipo de bujiganga. E a forma como a SM conseguiu fazer um MV em caixa ser tão a cara do grupo, mas de uma forma lotada de orçamento, com um aspecto muito forte do grupo, um quê visual, mas também engraçado de ver.

Irene, amiga, você está mais linda do que nunca, impressionante como a SM conseguiu mesmo fazer uma limpeza de imagem dela assim tão fortemente.

O sexto mini álbum delas está super gostosinho de ouvir. Mas primeiro, vamos falar dessa capa? Puta merda, é a capa mais bonita de 2021 sem tirar nem por, e é uma capa simples de tudo, eu achei ela maravilhosa (Tanto que virou a imagem da pauta, né?).

Tirando Pose, que já falarei dela, as faixas se destacam por serem o pé no chão, o arroz e feijão do grupo, algo mais R&B, algo vocal, melódico, com toques fortes das meninas e que remetem a discografia delas como um todo. Mas falemos de Pose, que também pode ser um bom single de trabalho, talvez tenhamos uma coreografia, né não?

Essa álbum track entrega um toque muito voltado à banda de fanfarra, com aquele toque engraçado, realmente seria uma title do Red Velvet se não tivessem ficado tanto tempo sem lançar nada. Eu vejo a filha de Zimzalabim aqui.

E como consideração final, fico feliz que as meninas estão de volta, o medo da SM engavetar o grupo é forte, renovação de contrato está aí, precisamos ver o que vamos receber delas (Vai que seremos surpreendidos com as 5 renovando).

Mas a real é essa: eu senti um gosto amargo ao ver algumas cenas desse comeback, e não foi do café que tô tomando, mas sim de ver a Wendy e a Irene, sei do histórico delas, a Irene botou a boca no mundo e disse que conversou com a mulher, mas será mesmo que tudo se encerrou bem? E a Wendy, né? Caralho, não tem um curso EAD na Coreia do Sul para essa mulher não agir como age?

Eu real tenho pensado muito nisso, ainda mais depois das acusações de bullying também, saída da Soojin, a Lia do ITZY estar focada agora. É esperar, eu tô feliz com esse retorno, mas tenho um nó na garganta ainda.

Publicidade

2 respostas em “Queendom do Red Velvet entrega o que elas sabem fazer de melhor”

Qual foi a da Wendy dessa vez?? Não sei aonde procurar pra achar sobre isso.

Mas eu não vou com a cara dela desde a “imitação” de como as mulheres americanas negras falam. Simplesmente não me desce, daí eu faço com ela como eu faço com qualquer integrante q eu n gosto, ignoro a existência da pessoa no grupo. Detesto a história de ‘vc tem que gostar de todos os integrantes’, não sou obrigada. O que não me dá o direito de ir dizer coisas ofensivas e maldosas pra ngm.

Fora que os idols que eu gosto, eu gosto pelo o que eles mostram ser na frente das câmeras né. Na real, real mesmo, eu n faço a menor ideia se gostaria deles sem toda a pompa dos roteiros e atuações q a gente sabe que eles tem q seguir.

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s