Categorias
KPop

Baby Lalary e N.O.M colocam medo no 3YE por serem os novos trios do pedaço

E aí, meu povo, como estão? Essa pauta só saiu porque eu tô cansado de estudar histologia, e essa prova do capiroto não passa logo! 2 meses estudando para essa joça!

N.O.M é um grupo de três homens de sexualidade duvidosa, pois não sei se é queerbaiting ou se eles são afeminadíssimos assim (Mentira, eu sei, mas quero criar um climax). Nisso, eles vem apontando com músicas bem para o viados, com muito carão, muita biscoitagem e muito tudo aquilo que o baixo orçamento possa proporcional.

Mega Punch é qualquer música dos anos 1970/1980 que facilmente seria tema de algum filme da sessão da tarde e trilha sonora das aulas de crossfit para idosas que na verdade é zumba da pracinha do seu bairro (Participem quando for patrocinado pelas Unidades de Saúde da região, provável que seja projeto de estudantes da área da saúde e ajudem os TCCs do povo!).

O Mv também não fica atrás, porque é algo bem biscoitagem: tem água no corpo, leite escorrendo por peitorais besuntados de bronzeador, tem glúteos em sungas…

Viado, casê seu comeback de verão? A poupa da bunda saindo do shortinho que deve ser o XGG da Coreia por conta daqueles homens tudo desbundados.

Tem cenas estilo BayWatch, tem tudo de mais, num clipe de orçamento até que bom e que o intuito é divertir. Parabéns, fizeram o trabalho de casa.

Lembram quando você, viadinho pão com ovo que vivia num âmbito religioso homofóbico e conseguia ser todo solto na escola, apesar dos machos chatos e insuportáveis, porque havia 4 mulheres que te ajudavam e te emponderavam? Lembram? Assim surgir o LALARAY.

Mas nisso, duas se converteram para alguma religião preconceituosa, largando você, já empoderado, com suas duas amigas que falam que são p***s mesmo, mas todos bem sucedidos. Lembram? Então surgir o BABY Lalaray, que com uma demo do BlackPink, conseguiram ser mais bate lata que o possível e ser melhor que qualquer troço genérico dentro do HD do Teddy.

Um MV bem performance, com carão, dança, e uma música EDM bate lata estilo aquelas que a the Week tocaria, mas sem aceitar os afeminados, assim que podemos resumir Fireball. Eu achei ótima, mesmo sendo o puro suco do genérico, mas a intenção é conseguir alguns dólares e pagar o combo de lanche com batata frita no final de semana, né nom?

Se o 3YE precisa temer…. Nem tanto, afinal eles estão fazendo seu papéis como trios e para um mesmo nicho. O foda que se juntar para um OT9, nem rola adição de fanbase.

5 respostas em “Baby Lalary e N.O.M colocam medo no 3YE por serem os novos trios do pedaço”

Não sei se gostei das músicas, mas acho legal os dois grupos pelo menos estarem indo contra os moldes do k-pop. Especialmente o segundo, cujo integrante se misturando com as duas moças aparentemente nem é de origem asiática, se o K-Pop Profiles estiver correto…

A propósito (e dessa vez excepcionalmente esse “a propósito” não tem nada a ver com o LOONA), viu que várias participantes do Girls Planet 999 foram oficialmente reveladas ontem? Pretende fazer cobertura desse reality igual a do Kingdom?

Quer dizer, idols de três países diferentes (cujos governos se odeiam), Sunmi e Tiffany como mentoras, Mnet tendo que bolar novas formas pra disfarçar suas maracutaias… sei lá, acho que esse programa promete!

Curtido por 1 pessoa

Então, provavel que eu faça algum tipo d review das músicas e apresentações, pq sem condições com a faculdade, ainda mais que será retorno de férias qdo começar e certeza que será td um deus nos acuda. Então tô botando fé mesmo do dougie para fazer a review e me inteirar

Única ainda não certeza é eu baixar o app do universe para votar incontrolavemente para a Yujin debutar, o CLC sair da empresa, redebutar com a fama nova dela, e fazer sucesso (Aí eu caí da cama e saí do sonho, numa boa)

Curtir

Legal! Mesmo que sejam só resenhas esporádicas em vez de uma cobertura episódio por episódio, já tá ótimo! E sim, faculdade consome MUITO tempo… mas vale MUITO a pena em termos de conhecimentos e vivências.

Vi que a irmã de um integrante de algum boygroup famoso (esqueci qual, mas sei que é famoso) vai participar, e já tem um monte de gente amando ela (por ser irmã de famoso) e um monte de gente odiando ela (por ser irmã de famoso)… Acho que, independente de gostar ou não do irmão dela ou do grupo do irmão dela, seria melhor esperar pra ver ela cantando, dançando e interagindo com as outras moças antes de formar qualquer opinião (positiva ou negativa) sobre ela.

Ah sim, e espero que dessa vez a formação final seja com três garotas de cada país, em vez da palhaçada do IZ*ONE colocando só três integrantes japonesas, só pra constar que a premissa do P48 era o encontro dos dois países… o JYP, com muito menos pretensão de vender o TWICE como um grupo multinacional, colocou o mesmo número de integrantes japonesas num grupo MENOR, e de quebra ainda colocou uma taiwanesa (e por pouco não teve uma tailandesa e uma filha de canadense pra aumentar).

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s