Categorias
Álbum Review Twice

Álbum Review: Taste of Love, por Twice

E aí, meu povo, como estão? Com frio de arrancar o couro?

Sem muita pauta para o dia de hoje, vamos pegar quem realmente está dando views essa semana, que são as novas Girls from Seoul, que entregaram o seu décimo primeiro mini álbum no dia de hoje, sendo que já vimos sobre a title na quarta-feira.

Hoje eu apeteço muito mais com Alcohol-Free do que na quarta, tudo isso por conta de algumas reactions que eu vi e dava para eu ouvir mais da faixa, além de apreciar muito mais o MV. A faixa ainda não é nada demais, e é mais fácil ser uma b-side do que um single de trabalho, mas como elas conseguiram ter o álbum mais vendido com uma title tropical house, certeza que elas conseguem vender muito com essa aqui.

A primeira faixa é First Time, e é um R&B mais bubblegum pop, a faixa tem uma construção gostosa, ela não tenta ser muito inventiva, segue bastante o que o grupo fazia em início de carreira no quesito divertido, mas sem deixar a faixa passar batido. É um single bem Red Velvet de se pensar, tem até os gritos finais da Jihyo que seriam da Wendy.

Scandal é um pop dance hall, a faixa apresenta timbres bem baixos, com os agudos nada convencionais, entregando melismas vocais só no finalmente. É uma faixa estilo suspense, a coesão da melodia com o ritmo misterioso, um toque agridoce, uma faixa que não chega a ser sensual, mas carrega esse carisma.

Depois, temos Conversation, um popzinho muito gostoso. Essa aqui tem os mesmos beat garage house que o Girls In The Park vem colocando em suas músicas, é uma faixa bastante viada, com muita pose e visual, dá facilmente para a Momo trabalhar como um solo.

Baby Blue Love é um synthpop retrô bem veranesco, eu vejo o mesmo clipe das meninas sendo deslocado para essa aqui, dando um quê de discoteca. Por fim, encerramos com SOS, a faixa é que todo mundo, é a Levitaiting do Twice.

Eu achei esse mini álbum das meninas um dos melhores delas, e olha que elas tem Feel Special e Fancy You no catálogo, e esse aqui consegue ser o 3º mini melhor dela. Apesar da title conversar nada com o álbum em si, claramente veríamos aqui SOS sendo aquela follow-up gostosíssima para I Can’t Stop Me, então como não foi aquele sucesso na Coreia, essa aqui morreu como álbum track, e eu agradeço, porque ela é ótima. Vai entrar no hall de melhores b-sides do que titles.

Ataulização: Eu só esqueci de dar uma nota pro álbum hahaha

Bom, para mim, naquela famosa escada de 0 a 50 pelo fator mini álbum, o EP gira em torno dos 40 a 45/50, o que é ótimo, quando pensamos num EP que teve um single comercial nada comercial assim, e com alcohol-Free subindo comigo, quem sabe isso não muda, mas eve b-side que puxaria fácil para baixo a nota se não fosse Conversation e SOS sendo as b-sides perfeitas.

3 respostas em “Álbum Review: Taste of Love, por Twice”

Eu saí bem satisfeita depois de ouvir o álbum, estava particularmente esperando para ouvir First time, por ser feita por uma das integrantes da Little Mix, letra e composição, e gostei, até me lembra o próprio Little Mix em alguns momentos. E também queria ouvir a versão em inglês de Cry for me, mas é só para os álbuns físicos, fuén

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s