Categorias
EXO

Don’t Fight The Feeling do EXO se salva da NCTzação e consegue ser uma das melhores faixas da SM sem pedir muito

E aí, meu povo, como estão? Ainda estou em choque que eu estava esperando o Drop no refrão e ele não veio!!! Ele não vem mais!!!

SM chamar um mini álbum de Special álbum foi bem estranho, mas como o EXO raramente lança EPs, a gente só aceita que eles tão fazendo comeback, arrancando orçamento da SM em um MV que poderia, ou não, beirar o excesso de criatividade que foi Obssession, mas o medo da demo escolhida era real.

Don’t Fight The Feeling ficou a música toda querendo enganar, porque estava tudo muito fresh, um retrô gostoso demais, que facilmente poderia ser até do Super Junior, em que eles estão se divertindo em cima de uma demo que poderia ser encerramento de algum filme teen estadunidense. Dos vários retrôs desse ano, o EXO conseguiu. E quando a música acabou, chocado mais fiquei por não ter um Drop a la NCT do que a música em si, e isso pode ser um ponto que a SM pode causar medo em seus atos, mas ainda tem aquela esperança que o pessoal não lançará apenas demos do NCT.

A faixa é bem Groove, ela tem um crescimento que vai indo até pegar no pré-refrão, com um vocal que meu deus, arranquem o Baek e deixa o Xiumin e DO brilharem, preciso dos meus homens estourando as pregas vocais.

Também não podemos esquecer que temos retornos para esse comeback, como o DO e o Xiumin, além do Baekhyun que hoje já se encontra no serviço militar. E também tivemos o easter egg do Lay, fazendo a sua parte de 10 segundos para a fanbase lembrar que ele ainda é do grupo, mesmo fazendo aparições nada próximas (Melhor que o Cósmic Girls, que já aposentou as 3 chinesas mesmo).

O clipe é uma continuação indireta de Power, não tem nada a ver com o SM Universe que a empresa está tentando montar, mas é pior ainda deixar o EXO de fora, ainda mais com o o grupo sendo o único outro com historinha e super poderes, mas se precisaram deixar de lado para uma música boa, eu aceito isso numa boa.

Um detalhe legal da coreografia é que ela consegue ser EXO, mas não ser aquele caos para se dançar. Além do mais, a SM foi super inteligente em fazer a cena de dança final como tudo em CGI, porque conseguiram botar o Lay para dançar com os outros 6, e é isso que a gente espera mesmo, não aquela palhaçada como foi em Tempo.

O Special Álbum contou com mais 4 álbum tracks, todas seguindo um estilo Groove retrô, mesclando entre R&B, Soul, é um álbum super verão sem prometer nada, mas vindo do EXO, que teve KoKoBop na discografia, aqui é muito bem vindo também.

Não sei se a blogosfera vai abraçar esse comeback, mas vão ter que penar para arranjar coisa ruim para falar (O rap do Sehun eu perdoo). Mas aquilo, os meninos conseguiram se destacar muito bem, e entregaram algo deles e que é a marca deles. Uma pena que estamos tendo que comemorar lançamentos bons da SM porque ela transformou tudo em NCT.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s