Categorias
Road to Kingdom/Kingdom

Kingdom – Legendary War: Os singles do Comeback War

E aí, meu povo, como estão? Sextou chegando?

Demorou, mas finalmente estamos aqui com a nova e mais importante leva de acontecimento que está borbulhando no Kpop. Isso mesmo, a possível reunião do After School, lendário grupo da Pledis Entertainment, casa de grupos hinários como After School, o Pristin existiu só para a Pinky poder explodir com tudo mesmo.

E mais curioso é que teremos, mas bem menos importante, os singles da última fase do Kingdom e seu sub-título breguíssimo, Legendary War. E como esse programa não contou com eliminação, tivemos as seis músicas (o mesmo que o Quendom, mas sem aquele temor de quem ficaria duas vezes no último lugar para ser chutado, porque é fato que a Park Bom só não ficou em último lugar porque tinha muita cacura velha naquela plateia).

E com uma enrolação digna de TCC sem referências, vamos comentar isso que desovaram hoje. E vou fazer já na ordem da minha escolha de último para primeiro lugar, então só vamos.

6. Ateez – The Real

Uma coisa curiosa no Ateez é que eles sempre soltam um trecho no comeback anterior de seus próximos comebacks, e por mais que essa demo de The Real tenha aparecido no final de Fireworks, que foi o comeback produzido no meio das gravações do Kingdom, não é inédito isso, a demo de Answer foi mostrada como Outro do LP deles. Disso, o que eu falo dessa faixa de quem gostou de Fireworks?

Achei uma bosta. A faixa é um barulhento estranho, eles tentaram inovar demais, mas achei super desconexa. E não num estilo Next Level do Aespa, mas tá bizarro, tá bem inaudível. Mas vendo o que eles fizeram no Kingdom, não está tão surpreendente a faixa assim, está o esperado deles.

5. Stray Kids – Wolfgang

A faixa começou super bem, tava uma coisa bem interessante, audível, uma pegada até tradicional, o que seria interessante ver os meninos do Stray Kids fazendo, mas depois deu uma desandada, então eu já torci o nariz. Eu entendi o conceito de lobo deles, mas ainda assim, está bem bagunçada.

Mas é a cara do Stray Kids isso, mas ainda acho isso aqui com mais cara de b-side do que single de trabalho deles, então para o Comeback War está bem abaixo do esperado. Não sei se com a apresentação eu mude de ideia, como foi com Basquiat do Pentagon, então é aguardar.

4. iKon – At Ease

Mano, isso aqui está ruim, mas ruim num nível que só o iKon poderia deixar. O detalhe do 4º lugar foi que eles me surpreenderam em como eles conseguiram entregar um single ruim assim, mas conseguiu entregar acima do esperado, diferente do Ateez e do Stray Kids, que só foram ruim mesmo. Estão aqui pela ousadia em lançar essa faixa, porque olha, tá complexo isso.

3. BTOB – Finale (Show and Prove)

BTOB foi o Mamamoo do rolê, mas conseguiu se distanciar só do vocal, e entregou muita performance boa e sólida no quesito de roteiro, coisa que o Mamamoo só conseguiu com Decalcomine (Já que não tem muito roteiro em ficar sentada ou em pé cantando um baladão vocal e nem vamos comentar sobre Good Luck).

Em resumo, um OST de dorama que tá fazendo sucesso e derrubando todo mundo nos charts. Não sei como anda o BTOB no quesito popularidade com seus quase 10 anos, mas creio que eles devem subir bem mais que o Stray Kids, por exemplo, já que eles são mais fortes mesmo nos charts. A faixa é boa, cara deles, mas não me agrada. Sei reconhecer uma faixa boa.

2. SF9 – Believer

Depois de Good Guy e Summer Breeze, eu não sabia como o SF9 conseguiria se superar. E realmente eles não conseguiram, pois essa aqui parece mais uma follow-up que estourou um pouco do que uma title em si, mas é uma faixa tão melódica, tão suave, com um vocal tão harmonizado que fica maravilhosamente boa, então é um ponto super interessante ao grupo.

A melodia é bem sexy, e se a MNEt soltar a verba mesmo, eles arranham uma piscina com água para serem mais sensuais do que já são. E se a fanbase que gosta deles em doramas e como modelos se unir, eles devem bater altos charts.

1. The Boyz – Kingdom Come

É a melhor fiaxa do The Boyz? Não. Teoricamente é a mais trabalhada do Kingdom? Também não. Mas eles conseguiram manter a estética dark que eles queria colocar na competição para eles, e vendo como a música é boa, a performance deve ser no estilo de CheckMate do ano passado.

A faixa tem um toque épico, eles entregaram uma faixa bem trabalhada, tem um ritmo interessante, bem de trilha sonora, e será tudo a performance deles, então é aguardarmos.

E aqui são alguns charts, e dá para ver que eles estão subindo até que bem, mas quero ver o que se passa no Melon, que é o charts que a dona MNet quer botar esse povo, mas nada eu vi. E aquilo, vários não conseguem chartear no Melon, então é ir com Bugs e Genie.

Mas assim, os singles são bem qualquer coisa se pensarmos no que esse pessoal já fez, então é saber se alguém soltará a verba para um special Mv, ou se morrerão no Stage da MNet. Mas aquilo, mesmo eu tendo as minhas preferências, os singles foram super abaixo da média.

Uma resposta em “Kingdom – Legendary War: Os singles do Comeback War”

Eu só não gostei das músicas do Ikon e do Ateez!
Claramente eu gostei da música do Stray Kids, mas concordo com vc, tem cara de b-side demais, tipo Easy follow up de God’s Menu e que tbm tem essa temática de lobo. E eu não acho que vá melhorar com uma performance kkkk. Se for parecido com o que eles apresentaram Miroh lá no começo, vai ser aquela mesma história de oppa dark/trevoso/fodão, acho uó. Esse grupo deve ter feito um feitiço imenso em mim pra eu achar tanta coisa ruim e continuar gostando deles e das músicas, credo.

P.s: pelo o que eu andei vendo, Wolfgang entrou no top 100 do melon, não sei dos outros

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s