Categorias
Minha playlist

Minha Playlist: Meus 10 MVs/Clipes preferidos

E aí, meu povo, como estão? Vamos seguir a onda dos blogueiros que o Dougie teve ideia e a gente copia?

Lunei deu a ideia, a gente segue a tread para rolar os famosos bônus nas views

Quem me acompanha aqui, sabe que eu acompanho muitos cantores, solistas, grupos, bandas, e sabe sei lá mais quem que esteja no mundo da música. Então assim, não falarei só de MVs de Kpop aqui, falarei num geral, enfatizando os MVs que eu mais gostei, nos clipes que me marcaram em seus lançamentos e me marcam até hoje. Muito daqui não são o ápice de roteiro, mas eles me trouxeram experiências e sensações muito boas e que me impactaram de 1001 formas, então sem mais enrolações e partiu?

E um adendo, essa é a publicação 666 do blog, espero que seja um sinal.

10. Pablo Vittar – Problema Seu

De todos os vários clipes icônicos que a Pabllo desovou nos últimos anos desde a sua estreia, o que eu acho mais emblemático é o de Problema Seu, e isso vem muito com a carga emocional de ter uma histórinha, por mais tosca que ela seja. Pois vejamos, o clipe de Modo Turbo foi bem mais rico, mas ele poderia ter algo amais no roteiro, diferente daqui, que conseguiu trazer uma história a la Like A Cat do AOA para eu gostar muito.

Como o fator daqui são MVs, a música consegue agregar bastante. A beleza do clipe consegue perpassar muitos que ela trouxe depois, e tão icônicos quanto esse, mas é sempre um ponto forte para termos no pop brasileiro.

9. Linkin Park – Castle of Glass

Eu acho a música Castle of Glass uma das melhores da banda, e o clipe é um soco atrás de outro soco, pois retrata muito a perda de famílias por parentes que vão à guerra e não volta (Daria para fazer uma pauta super polêmica em cima de guerras e o quão ridículas algumas são, mas né?). O clipe possui efeitos visuais muito duvidosos, até porque o CGI da época não era o ápice do ápice, ainda mais quando falamos de investimento em bandas.

Toda a carga emotiva que a música passa conversa muito com o clipe, toda a construção de guerra como homenagem aos mortos e assassinados, e mostra muito o ciclo sempre “recomeçando”, algo que deveria ter se encerrado há tempos, mas ainda continuam nesse aspecto de guerra caótico e infernal.

8. Momoland – Baam

Deus sabe o quão viciado eu sou no MV de Baam, que meu LastFM não aponta porque eu desativei a contagem para o YouTube. E desde que o single saiu, eu acho a coisa mais bagaceira, mais tosca possível que alguém poderia entregar em 2018, e felizmente Momoland nos alimentou muito com um clipe que causou a 5ª guerra mundial no twitter pelas N apropriações culturais que fizeram nesse clipe.

E o melhor de tudo que elas conseguem ser mais icônicas e carismáticas que metade de quem fez sucesso em 2018, achando que foram elas que hitaram com onomatopeias primeiro. E mostraram que é possível fazer músicas farofas gostosas, com clipes com pouco orçamento, mas sabendo entregar algo bem divertido.

7. Wagakki Band – Akatsukino Ito

O meu primeiro contato real com a música asiática foi o Wagakki Band, se parar para refletir, pois eles fizeram a trilha sonora de um jogo lá em 2014, enquanto eu só fui mesmo conhecer o Girls’Generation com Catch Me If You Can em 2015. O clipe também não é o supressumo deles, creio que emblemáticos eles apresentam muito mais.

Contudo, esse aqui, com eles cantando naquele templo no céu e o dragão passando por eles, rondando o lugar, meu pai amado, eu fico todo arrepiado. É uma clipe todo voltado ao CGI na maior parte, mas nota-se que eles conseguiram utilizar um tempo real, e trazer toda a mágica ancestral que a banda consegue fazer mesclando o tradicional e o contemporâneo.

6. Shakira feat. Rihanna – Cant’ Remember to Forget You

Eu revendo esse clipe esses dias, percebi o quão simples ele é, mas o quão icônico eu ainda acho hoje. Eu também poderia ter colocado aqui o feat dela com a Beyoncé, que é sexy e icônico igual. O detalhe mesmo é que vemos como as cenas de dança no Kpop preenchem espaço, porque tem várias cenas repetidas aqui que facilmente uma dança compensaria.

Mas de resto, esse é um dos clipes da Shak que eu mais acompanhei e que a sensualidade se esbanja, todas as cenas dela com a Rihanna, as duas na cama, e tudo o que elas se propuseram a entregar. tirando as cenas repetidas e aleatórias, eu facilmente teria substituído por uma dança, esse clipe é zero defeitos.

5. EXO M – Overdose

“Meu Deus, Guilherme! EXO tem tanto MV melhor que Overdose e você gosta logo desse básico e o da Unit Chinesa?”, pois fique com a sua opinião aí. Eu acho que Overdose é a melhor música do EXO de longe, batendo de frente com várias que o povo aclama ainda mais, e o Mv da unit chinesa conseguiu ter uma edição tão mais bem elaborada que a da versão coreana que eu só tenho que aclamar essa aqui.

Apesar que metade da line-up da do EXO M tenha batido pernas da SM por vários motivos. E tem o Xiumin, né gente? Ele manda no EXO com força, e agora parecendo um armário 4×4, já sabem.

4. Lady Gaga – Applause

E agora que a fanbase me bate por achar Applause mais icônica que várias da Gaga. Mas assim, essa aqui tem como ser a primeira música da Gaga que eu realmente acompanhei, o primeiro clipe de Pop que inundou meus olhos e pude realmente sentir que era um estilo musical para mim (Em outras palavras, fui vendo que meu gosto musical era de viado).

E a música sempre faz um peso forte, eu acho Applause a melhor do Art Pop, tudo o que ela representa, toda a lenta profunda, algo bem leonino, então não podemos deixar de enaltecer a nossa Mother Monster (E sobre o clipe de 911, eu amo demais, assim como o de GUY, mas ainda senti que esse aqui eu me conectei bem mais).

3. Ariana Grande – god is a woman

E claro que teríamos aqui a Ariana Grande usando o universo de bambolê. A Ariana apresenta clipes muito bem feitos e bem emblemáticos, mas GIAW conseguiu passar algo que não imaginávamos dela, que vinha numa construção ainda não tão madura. E toda a era Sweetner não trouxe bem isso fora os singles principais, mas essa aqui valeu a pena.

God is a woman conseguiu ser um hino feminista bem elaborado, com um roteiro bem feito, com toda a construção em cima de discursos, de símbolos bem conectados, além de ela ter trazido a fucking Madonna para fazer um mega discurso (Mesmo que seja de Pupfiction, e adaptado para um olhar feminino). Não sei se a Ari conseguirá se superar tanto quando ela fez aqui, mas quem sabe um dia.

2. Girls’Generation – Paparazzi

Girls’Generation apresenta uma vasta videografia, então eu poderia colocar qualquer um aqui, pois elas só não receberam o primeiro lugar por um fator bem específico. Mas podemos facilmente resumir os melhores clipes delas em Paparazzi. Aqui elas conseguiram esbanjar uma sensualidade forte, uma coreografia icônica, dentre várias que elas tinham e nos entregariam.

Sério, Paparazzi conseguiu me pegar de um jeito na época em que eu conheci o grupo, que eu procurava o tanto de música que elas facilmente faziam pensando nos viados da fanbase. E é um pop super gostoso que eu sinto falta ultimamente, e resta a SM fazer um novo Girls’Generation, por favor, não quero esperar o Twice lançar uma dessas.

1. IU feat. Suga – Eight

E em primeiro lugar temos 8, da IU, e não preciso relembrar que esse MV me faz chorar todas as vezes que eu o vejo, sendo que a música eu levo numa boa, embora os olhos encham de água já no início, mas todo aquele meio em diante, da IU no avião, a menina pulando, a simbologia da Sulli e o do Jonghyun, tudo o que esse clipe representa para ela e para os fãs, realmente não é possível evitar que as lágrimas caiam dos olhos.

É um clipe lindo, do início ao fim, não tem ele não estar aqui nos meus MVs favoritos.

E aqui eu encerro essa lista, creio que não há necessidade em eu prometer uma parte 2, pois tem tantas partes para eu fazer, que não será com essa aqui que vou me preocupar.

E sobre a foto do BTS na capa, é para chamar uma atenção hahaha

6 respostas em “Minha Playlist: Meus 10 MVs/Clipes preferidos”

SNSD no top 10 do Guilherme????? Que isso????? KKKKKKK
Brincadeiras a parte, você ter escolhido eight como seu clipe preferido me deu um coisinho no coração. Sabe aqueles clipes que a gente não volta porque não tem coragem? É esse ai pra mim, ele é lindo demais mas acho que meu cérebro só deletou pra eu não ficar triste pensando sobre.
(Inclusive, eu ia te falar no tt mas só lembrei agora, ouvi a musica do Daniel que tu me recomendou e ela é ÓTIMA??????? Fiquei espantada)

Curtido por 1 pessoa

Surpresa seria se não tivesse alguma do SNSD hahahaha
Não te falei que Daniel acertou o dedo nessa? A letra tbm, é incrível, apesar de bem pesada pelo contexto

E a da IU veio num lapso, pq eu não queria colocar clipes atuais, pq acho que não deram tempo de marcar, tanto que tem uns aí de 2013/2014, mas o da IU me pega até hj (Chorei e me arrepiei enquanto escrevia, não teve jeito hehe)

Acho que nunca imaginei a IU num TOP10 meu, mas com Eight ela se superou mto

Curtido por 1 pessoa

SNSD tem que bater cartão contigo sempre kkkkkk
Nossa eu fiquei em choque, ele conseguiu (e podia ter sido titulo), e agora vou ter que ler a letra oop

Eu tava nessa de não colocar clipes muito atuais também, mas esse da IU merece muito estar ai, nossa. (E eu que quase chorei relembrando do MV de Goblin da Sulli? Eu consigo com a musica mas o clipe me matou…)

Curtido por 1 pessoa

Só não curti a primeira, de resto chocante, mas já to acostumada. Vc gosta de abalar.
Tbm acho Baam melhor que Boom boom, discordo com você, a melhor do exo é love me right. Se não tivesse a rainha gaga eu iria reclamar.

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s