Categorias
Luísa Sonza Pabllo Vittar

Pabllo Vittar é uma piranha que Ama, Sofre e Chora + Luisa Sonza busca a sua tentação

E aí, meu povo, como estão? Vamos falar da nossa brasilidade?

Pabllo Vittar é a drag queen mais conhecida do Brasil, uma excelente cantora e com seu quarto álbum de estúdio já engatilhado para recebermos mais mimos que vamos já sentir o gostinho. Eu acho difícil ela seguir a mesma estratégia do 111, que contou com um EP, depois um relançamento como LP, e encerrou com um deluxe, que trouxe duas inéditas e vários remixes. É uma tática boa, pois tivemos cerca de 7 singles trabalhados, e um álbum ter isso em 2021 é quase impossível de ocorrer.

Ama, Sofre, Chora é um estilo que Pabllo já vinha mirando, mas sem cair a fundo, algo bem brasileiro, que o público engole num geal, que é o sertanejo sofrência que bate presença no TOP 10 de metade das playlists de brasileiros. E isso junta com a letra que conversa bem fortemente com dor e abandono, sobre piranha também chorar, sofrer e amar, querer casar e ser abandonada no final.

O clipe é simples, e mesmo assim é super lindo, não precisou de muitos pontos de dança ou de produção, mesmo que aquele arranjo de flores atrás dela tenha sido os olhos da cara (Já viram os valores de flores ultimamente?).

É uma música que eu não sabia se gostaria, porque eu tenho vários pés atrás com o sertanejo, mas isso é mais devido ao antro podre do sertanejo universitário brasileiro, com nomes que não merecem ser apontados (E que apoiam fortemente o atual governo, então já sabem). O bom que temos Pabllo mirando nesse estilo, que também conversa muito com o sertanejo raiz e o brega, além de outros cantores, como o Gabeu.

E também estamos aqui para falar do novo feat da Luisa Sonza com a Carol Biazin.

Luisa Sonza vinha numa onda de músicas que elogiavam a raba, e isso fazia ela ser chacota, mas nada melhor do que uma música com cheiro de couro fortíssimo dela contando ao mundos que é bissexual. Mas da vida pessoal dela é dela, a gente só bate palma pela representatividade.

Sobre a música, é bem gostosa, lembra muito o estilo de Flores, dela com o Vitão, e a vibe é a mesma, sendo um pouco mais explícito a situação toda de tentação e o que é essa tentação, mas isso não é nada tão específico e chocante, ainda mais que acompanha o Kpop e sabe do que algumas letras já dizem.

E ainda tivemos o novo single da Karol Conká, ela fez o revival dela, ela está limpando a imagem, ela está, provável, aprendendo com o que fez. E falar mal de programa alheio não faz ela pior ou melhor, ou que ainda não aprendeu… Aos que não gostaram de Casa Kalliman, que deve ser 99% do Twitter, por que ela teria obrigação de gostar? Só para agradar metade de povo racista que passa pano pro Batom de Cereja? Ah pelo amor, né?

E aqui encerramos, beijinhos, fiquem bem!

2 respostas em “Pabllo Vittar é uma piranha que Ama, Sofre e Chora + Luisa Sonza busca a sua tentação”

Eu não gostei muito da era 111 justamente por ser uma vibe muito EDMzada da The Week (pelo menos foi isso que eu senti kk)… Fico feliz que tá vindo uma outra sonoridade pra esse quarto álbum (acho que o melhor dela foi o primeiro e depois foi decaindo, n sei), me deixou até empolgado pra ver o que vai sair

E da Carol Konká, nunca ouvi muito, mas o twitter fala TANTO que até dei play… O instrumental disso tá uma delícia! Se ficar na minha cabeça capaz de eu ir escutando mais vezes

Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s