Categorias
Road to Kingdom/Kingdom

Kingdom – Legendary War: Apresentações do To The World

E aí, meu povo, como estão? Vamos falar um pouco dos nossos guerreiros em busca dos seus reinos desbravados em busca de suas coroas?

E a guerra começou, botando esses 6 grupos para se estapeares por um show da final e um reality show, com muita polêmica por conta do financiamento, mas aqui estamos, deixemos de enrolação e vamos comentar. Mas antes, alguns adendos.

Fiquei chocado com o iKon batendo um último lugar na apresentação inicial deles, dos 100 segundos, o que mostra mesmo que a YG cagou com a fama internacional dos meninos, uma vez que o The Boyz ficou em segundo, e são de uma empresa menor. Com isso, ou a YG acorda para vida com seus acts, ou eles terão de bater presença sempre num reality show. E como a empresa anunciou esses dias que estará fazendo audições para um novo grupo, masculino, acho que nota-se como eles não aprenderam.

E essa etapa vamos falar sobre as músicas “To the World”, aquela que vcoê quer apresentar ao mundo como a sua cara… Em outras palavras, um hit. Porém, sabendo quem bateu presença no TOP 10 do Melon, só o iKon e o BtoB tem mesmo um hit, o resto se esforça (E views de Youtube não conta, okay? Mas isso parametro para alguns acharem suas músicas).

BToB – Missing You (Theather Ver.)

BToB é o grupo da CUBE, um dos grupos não tão cotados, apesar dos comentários rasgarem elogios sempre para eles. E como esperado, eles arrancaram o vocalzão numa balada vocal como era esperado deles, e fizeram esse complemento utilizando o conceito tradicional para ganhar ainda mais o coração da família tradicional coreana, que ama uma baladona de corno e um conceito medieval.

Mesmo o break de luta que deu aquele ar mais ”uau, o que estou vendo aqui?” ajudou bastante, lembra muito a estrutura que o Oh My Girl fez com Destiny.

iKon – Love Scenario & Killing Me

iKon conseguiu melhorar Love Scenario para algo mais divertido, animado, o Dougie gostou disso aqui para vocês verem o nível, é um estilo mais funky, retrô, que combimna bastante com a época atual que viraliza, e ainda entrega algo que a YG jamais deixaria um act lançar (Apesar que temos My Treasure esse ano).

Do nada, há um break para Killing Me, que seria o momento em que você termina o relacionamento em um cenário de amor e começa a ser morto, porém eles cagaram com Killing Me, pois ficou uma faixa meio Stray Kids, e eles não combinam com esse estilo (Apesar de eu querer super ver o iKon encarnando um Back Door, já que God’s Menu bateu presença já).

SF9 – Jealous

Eu sei que o SF9 foi essa semana e tem o The Boyz que foi da semana passada, mas lembram da polemica do mal financiamento? Então, o SF9 foi outro que não recebeu o informe e teve que se virar com os 100 reais e 3 saquinhos de Tang para elaborar A performance. Assim, Jealous é legal a original, mas o refrão é muito ruim, então isso matou até mesmo essa apresentação, mesmo eles terem dado um toque teatral e medieval para a faixa. E mesmo o refrão ser chatinho e ruim, eles conseguiram deixar até que mais audível nessa performance.

Uma pena eles já terem matado Good Guy na etapa anterior, porque caberia muito aqui. Só espero que se a terceira etapa for aquela que os fãs pedem a música, espero que a fanbase lembre do hino perfeito Summer Breeze.

The Boyz – No Air (A song of Ice and Fire)

The Boyz começa mesmo não tendo um hit mesmo, e o que eles tinham, mataram Reveal no Road e The Stealer na apresentação inicial, então eles terão de revisitar a carreira já longa deles. O problema é eles não apresentarem faixas tão dramáticas, e sim mais faixas divertidas e coloridas, então a real é que eu odiei como eles deixaram No Air, um pop bubblegum genérico divertido em um genérico grupo NCT tentando ser conceitual, e isso está deixando tudo muito genérico e tudo igual.

Diferente disso, a apresentação deles ao menos tinha mais dinheiro que as três anteriores, e isso fez a teatralidade crescer, interessante esse detalhe de referência em Game of Thrones, já que o Oneus fez o mesmo com Kingdom da Netflix no Road, então assim que a versão coreana de La Casa De Papel viralizar lá, alguém use de ideia.

E assim, apesar do grupo ser um dos três que recebeu o comunicado de que a empresa poderia financiar, vimos que o deles não foi tão uau assim, até pq eles são de empresa fundo de quintal, agora o Ateez e Stray Kids.

Ateez – Symphony No.9 ”From The Wonderland”

A mais famosa do Ateez é a com mais views no Youtube, porque eles não são tão visados na Coreia do Sul, então a presença deles nos charts depende dos fãs internacionais. E nada mais óbvio eles trabalharem todo o conceito de Peter Pan deles com uma teatro de piratas, mesclando o conceito da Nona Sinfonia com pegada pirata e a música Wonderland.

Sou suspeito a falar, para mim Wonderland é a melhor deles e a que mais amo, então gostei bastante dessa apresentação, toda a mudança e toda estrutura, só um dos breaks finais, pois tivemos dois, eu achei muito deslocado. E a gente já via o orçamento ser bem maior por conta de como eles separaram o palco em dois, e como eles conseguiram financiar tudo aqui.

Aquele tentáculo enorme tem dois pontos: revelou o orçamento escorrendo, mas também ficou meio cringe. E temos também o high note do main vocal, que amigo, tomou cházinho depois para não estourar 3 cordas vocais contigo forçando assim. Talvez agora eu vou ser morto, mas eu acho o main vocal muito forçado no quesito vocal, um dia ele ainda perde a voz ao vivo com os high notes deles.

Stray Kids – God’s Menu & Side Effects

A cagada foi o Stray Kids ter sido o grupo que mais recebeu financiamento, porque a JYP não iria deixar os pivetes passarem vergonha no quesito visual. Por mais que esse conceito dark tenha sido cansativamente usado, eles fizeram do palco um cenário de filme de terror completo, porque tinha uma porra de coisa para cima e para baixa que só revelava o orçamento.

Agora, vergonha eles passaram muito bem com Side Effects, mas eu agradeci quando eles encarnaram God’s Menu, que consegue ser menos pior. O conceito de marionete ficou bem interessante, e esse terror que eles passaram foi interessante, . E não tem tanto o que dizer, pois a apresentação foi impecável no quesito visual, então eles devem bater presença no primeiro lugar de novo.

E para mim, o possível ranking é:

  1. Ateez
  2. Stray Kids
  3. iKon
  4. BToB
  5. SF9
  6. The Boyz

Mas não sou eu quem mando, então trago surpresas para a próxima etapa. Disso, a segunda fase é aquela mais aguardada, em que cada grupo faz cover de uma faixa de outro grupo. O que eu gostaria de ver é: Back Door feita pelo iKon ou SF9 ou Hellevator pelo BToB, seria interessante também o Ateez encarnando alguma do iKon, como B-day (E por favor, ninguém ressuscita Bling Bling).

Sole Mio do SF9 no vocal do BtoB seria interessante também, ou talvez até I’m Okay do iKon. Acho que se o Stray Kids pegar o Ateez, devem vir com Hala Hala ou Thankx, Fireworks está muito recente.

E essa foi a minha review, espero que gostem e até uma próxima. Caso queiram, tem o post das etapas anteriores:

Kingdom – Legendary War: Performances Iniciais

7 respostas em “Kingdom – Legendary War: Apresentações do To The World”

não precisava de killing me na performance, ikon, dava pra levar de boa com love scenario repaginada pro funk/groove. QUE ÓDIOOOOOO. e o sf9 tá guardando summer breeze pra que? espero que eles apresentem isso em algum momento, pq se for pra se virar com troco de pão, que pegassem uma música mais impactante, tipo, sei lá, ko??? ko levaria bem essa performance ai. os outros eu não me importo o suficiente pra opinar.

Curtido por 1 pessoa

Ai ai Stray Kids, tô doida pra ver algo diferente, não aguento mais esse conceito dark/misterioso e nem oppa fodão, pelo amor, gosto tanto de vocês. Não voto em nada, não dou stream em nada, mal tô assistindo o programa, mas tô aqui torcendo pra saírem pelo menos um pouquinho mais conhecidos na Coreia kkkkk

Curtido por 1 pessoa

É que eu realmente gosto do grupo e da sonoridade deles, não é a toa que eu tenho toda a discografia salva na minha playlist, e devo não gostar de uma música ou outra, mas cansa demais ver eles querendo não apresentar as músicas no arranjo original, só que modificando tudo pra esse conceito manjado. Eu quero inovação, e não posso falar isso dentro da fanbase porque vou ser atacada kkkk
“Os meninos estão dando o melhor e vc só critica” Ah ódio que eu tenho disso!!

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s