Categorias
Shinee Time Machine

Time Machine: Assim como o BBB 2021, Shinee também tem a sua Juliette

E aí, meu povo, como estão? Antenados no BBB (Espero que essa pauta saia antes do BBB acabar e eu consiga um hype)?

Com um primeiro ano ótimo, um ep de debut, um full álbum e seu repacked, Shinee está de volta para nos entregar sempre um pouco de aclamação entre as fãs surtadas deles que, por milagres, só não saiam no tapa com os fãs do Girls’Generation e do F(X) (Ou saiam e não vi, vamos fingir que só o resto das fanbases da SM são um caos).

SM sempre soube que o Shinee é um grupo de pocs sem testosterona, então poderiam colocar qualquer faixa para esses cinco cantarem que eles conseguiriam carregar com muito quebração de cintura. Com Juliette não foi diferente. Aqui eles entregaram um ritmo viciante, entregando uma faixa com pegada retrô, mesclando o synthpop com o disco house, além de entregar muita construção de um refrão que realmente fica na cabeça, sem ficar perdido.

O MV a SM viu que não fava para ficar economizando, então soltou uma boa verba. Tem as cenas de dança naquele ambiente com aquela nave espacial lotada de lâmpadas, tem as cenas de uma história dos 5 apaixonados pela mesma garota, de novo (Em replay foi isso). O melhor é o figurino, porque a SM sempre assassina o visual dos integrantes. Dessa vez, foi o cabelo do Taemin que alguém prenda a pessoa que deu a ideia de colocar esse poodle ruivo na cabeça dele, Ao menos, o Jonghyun estava lindo como sempre.

O EP Romeo começa com Talk To You. A faixa é uma mescla de hip-hop com EDM, a faixa é estática, o refrão tem um crescendo forte, mas não chega a estourar tão explosivamente, é uma faixa bem divertida. Com Hit Me, eles já soltam o vocal numa faixa mais melódica, com som de piano e os melismas deles dando toda a construção à melodia.

Em Señorita, eles não encaram o Chão Mendes e a Camila Cabello, com a graça da deusa, mas também esquecem de que uma latinidade não faria mal, pois deixar tudo num eletrônico lotado de sintetizadores não é legal. Tem aquele quê de jazz no refrão, mas não salva.

Falando em não salvar, temos Please Don’t Go que me deu soninho com o piano ao fundo e sabe sei lá quem permitiu que uma faixa em que nem se ouve o vocal fosse lançada.

Um álbum chamado Romeu com a title sendo Julieta teria de ter o encontro deles. Encerramos com Romeo+Juliette, uma balad vocal voltada ao retrô mais jazz. A faixa é super explosiva no refrão, tem toques sensuais na melodia dando um ar mais forte à canção.

Creio que as b-sides do Shinee funcionarão comigo depois de muito ouvir, pois inicialmente apenas Romeu e Julieta me cativaram, além do single principal. Aqui é uma prova de como entregar conceito sem enfeitar demais, coisa que a SM foi aprimorando com o tempo, para o bem ou para o mal.

2 respostas em “Time Machine: Assim como o BBB 2021, Shinee também tem a sua Juliette”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s