Categorias
Resumão

Resumão: Kangta, Sabrina Carpenter, Pink Fantasy, Bobby, Billie Eilish, (G)I-dle, Anitta e mais

E aí, meu povo, como estão? Vamos falar de mais um resumão por aqui?

Kangta – Cough Syrup

Quando ele apresentou essa faixa no SM Town de Ano novo, eu tinha achado a melhor faixa que poderiam ter entregue. Mas no final, eu achei penas mais um MPB que a SM costuma desovar mesmo.

Sabrina Carpenter – Skin

Eu engolindo qualquer coisa que a Sabrina desova nem é surpresa para mim mesmo, e agora nem para vocês. E essa aqui que começava bem devagar, chegou num refrão super gostosinho.

Pink Fantasy – Lemon Candy

Acertaram no uso de câmera de alta qualidade e em dar uma máscara menos cruel para a coelhinha do grupo. Mas de resto, que música horrível.

MOD SUN feat. Avril Lavigne – Flames

Essa mulher envelhece no formol, pois a pele continua um pêssego e o vocal o mesmo de sempre. A música é super ótima, ela é tudo o que a Avril entrega muito bem, sem precisar inovar demais. Mas eu ainda espero Let Me Go 2.0.

灵超 – Rebellious

Ah os meus recomendados que colocam uma música boa a cada 10 ruins…

BOBBY – U MAd

A faixa já era ruim antes do refrão. No refrão, ela conseguiu ser a trilha sonora de alguém terror psicológico. Os solistas tendem a querer se distanciar da sonoridade de suas empresas, mas o BOBBY assina mesmo ser uma cria da YG.

U-Kown – Eeny Meeny

O MV follow up com mais de 5kk de views enquanto a faixa principal não passou dos 2kk mostra que a fanbase veio ver esse MV pela a Seulgi mesmo. A faixa é super legalzinha, mas o EP ainda tinha melhores.

Kyuhyun – Moving On

Ah que saudades de falar mal dos solos sem sal dos integrantes do Super Junior.

Billie Eilish & Rosalia – Lo Vas a Olvidar

Acho as duas cantoras superestimadas, mas não podemos negar o alcance delas em relação a fama e sucesso, como a Billie sendo totalmente autônoma com suas criações e a rosalia com sua representatividade. Contudo, a faixa continua sendo monótona, um sonífero para mamutes.

Clean Bandit – Higher

Divertida, mas passavel.

Selena Gomez, Rauw Alejandro – Baila Conmigo

Divertida, porém esquecível de tão genérica.

Anitta – Loco

Sem graça demais, ela já entregou reggaetons melhores. Temos Veneno e Rosa para provar.

FEMM – Come & Go

Indicação do Dougie, eu achei super gostosinha essa aqui das meninas. Sempre via o povo panfletando, mas era com umas faixas tão… Que eu ignorava.

(G)I-DLE – ‘HWAA (English Ver.)

E vamos encerrar com a versão em inglês de Hwaa. Diferente da versão de Not Shy do ITZY que ficou muito discurso raso de quebrando o Tabu, aqui a tradução ficou condizente com a versão coreano. Além de que a letra é super profunda, então não fica parecendo uma coisa perdida.

5 respostas em “Resumão: Kangta, Sabrina Carpenter, Pink Fantasy, Bobby, Billie Eilish, (G)I-dle, Anitta e mais”

Sua análise da nova música e MV do PinkFantasy foi certeira!

Sobre a Anitta, a impressão que eu tenho é que já faz um tempo que ela parece sem vontade de fazer música, mas continua fazendo pelo desejo (quase obsessão) de emplacar a carreira internacional. O que é uma péssima ideia, já que o público internacional (e o nacional também) dificilmente vai se interessar por uma cantora que parece estar lançando qualquer coisa, sem critério e sem paixão, e com isso ela vem falhando em conquistar o público internacional E PERDENDO PARTE DO PÚBLICO NACIONAL…

Talvez ela devesse tirar uns meses de férias, pensar o que realmente quer, e aí sim voltar com tudo; ela já teve músicas bem legais no passado, então acho que com mais prazer e menos pretensão ela teria muito mais chance de conseguir o sucesso que procura.

Curtir

Acho que a Anitta precisa parar de pensar em conceito. Hoje é super fácil colocar um álbum com coesão e coerência sem precisar focar num único estilo. Além do mais, ela poderia dar uma de Kpop (E a própria Pabllo fez isso) e focar em EPs, para depois vir um repacked. Tanto que a era 111 teve mais de 5 clipes, e foi tudo bem trabalhado

Curtir

Pior que nem conceito os trabalhos recentes dela têm, é tudo muito genérico e sem identidade. Até Me Gusta, que teoricamente usa elementos de ritmos brasileiros pouco conhecidos fora da sua região, acaba mascarando esses elementos com uma produção genérica (e com isso perde todo o propósito).

Realmente a Pabllo Vittar tem feito um trabalho bem melhor nesse sentido; apesar da bola fora que foi Flash Pose, as músicas que vieram depois conseguiram trazer de volta a identidade e a brasilidade dela. Ironicamente, ela parece estar conseguindo mais atenção fora do Brasil que a Anitta – e sem nem tentar. Agora que as duas reataram a amizade, bem que a Anitta podia se inspirar um pouco no exemplo da amiga; se ela conseguir trazer de volta a identidade que ela mostrava na era Bang, por exemplo, acho que seria ótimo pros projetos dela.

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s