Categorias
Golden Child

Golden Child joga no safe genérico com Burn It

E aí, meu povo, como estão? Prontos para mais uma semana que se inicia?

Golden Child são os irmãos mais novos do Lovelyz e mais velhos do Rochet Punch. Depois de um rápida participação no Road to Kingdom, eles conseguiram um bom up na carreira, principalmente na venda de álbuns, e isso deve dar uns comebacks amais a eles, como se a Woollim não tivesse dinheiro para isso também.

Burn It é uma super genérica, mas ela entra naquela classificação de música que Open Mind do Wonho entra: felizmente são genéricas o suficiente para agradar e não são o suficiente para parecer ridículas de preguiçosas. A construção da faixa mescla muito o eletrônico e o synthwave, mas sem cair no retrô, a faixa tem um estilo que o Infinite entregava em suas faixas menos dramáticas, mas sem aquele toque mais aviadado que o grupo sempre teve.

O MV é super elaborado, já é o segundo MV esse ano que entrega uma história quase cinematográfica para a fanbase, e estamos falando de um grupo fora da Big3 que teoricamente não tem tanta verba para gastar assim. Claro que as cenas de dança dos meninos estão repletas de fundo verde atrás, mas os momentos de histórinha estão bem feitos. Clichê falar de zumbis? Sim, mas é a nova onda na Coreia depois de sucessos como Kingdom.

Eles entregaram junto mais um EP incrível. Desde o último comeback, eles tem entregado faixas que condizem com a imagem que o grupo sempre passou, mas se caçarmos bem, tem umas álbum tracks que mereciam ser a faixa título. Por exemplo, Cool Cool segue aquela imagem que One e Without You passaram, mas ainda assim miravam num safe que foi Burn It, desde o instrumental mais conceitual até o refrão mais eletrônico.

Contudo, Round N Round é uma faixa que grita Girls In The Park, e fico feliz que esse club house está entrando na mira de certos grupos, mesmo que para b-sides, pois é um instrumental de fácil digestão. Será que essa será um estilo que o Kpop abraçará futuramente? Milky Way, além de uma boa referência à música da BoA, é uma faixa mais chills, bem música de fim de turnê. Por fim, Breathe é uma faixa disco house, não aquelas dançantes, mas aquelas fim de festa mesmo, que está lá para ocupar espaço na playlist e fazer o povo ir embora, é uma faixa divertida e conversa com o resto do álbum.

Golden Child tem surpreendido de diversas formas, boas ou ruins, mas estão entregando trabalhos sempre bem feitos e agradáveis. Eles estão seguindo bem por essa linha mais conceitual genérica, colocando o nome deles na história, e creio que ficará bem marcado tudo o que eles tem feito (Ou não, né? Se o grupo implodir uma hora, a Woollim já tem o Drippin para botar o conceito deles).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s