Categorias
2020

Kpop 2020: As músicas ruins que eu amei escutar

E aí, meu povo, como estão? Uma boa véspera de ano novo a vocês, cuidem-se, usem máscara, evitem aglomerações desnecessárias (Porque fazer uma comparação ridículo entre um metrô lotado e uma balada não cola), e, sendo possível, divirtam-se.

era para meu TOP 10 estar saindo hoje, mas claro que sou ansioso e ele saiu antes, mas nada melhor do que eu fazer mais uns comentários sobre o Kpop 2020. Por exemplo, quais as faixas que se eu colasse no TOP 100 uma fanbase ia me bater com tijolos pelo favs não aparecerem?

E todo ano tem aquelas faixas que achamos horríveis, mas sempre entram nas nossas playlists de vícios cotidianos. E claro que todas as faixas aqui podem ser consideradas ruins, mas fazer o que se eu as amo (Arisong aparecendo no meu TOP 10 para o desespero de alguns que viram La Di Da morrendo tão cedo…)

Mas paremos com enrolação e vamos comentar sobre essas faixas.

NCT 127 – Kick It

Mark, Taeyong e seus amigos são os primeiros da lista chutando como Bruce Lee. Essa faixa aqui entra naquele ramo de músicas que a SM só coloca em seus atos, pois sabem que eles vendem muito. Desde I Got A Boy do Girls’Generation, Mamacita do Super Junior até Obssession do EXO, Kick It entra naquele conceito de “Que porra eu acabei de ouivr?”.

Eu taquei a tijolada no produtor dessa faixa, mas hoje eu escuto bastante essa faixa. Não coloca em playlist para meu Last.FM não rir da minha cara, mas no aleatório, ela faz a festa.

BlackPink – How You Like That

Primeiro pré-release do The Album foi motivo de risadas de minha parte e da minha irmã, mas para quem já foi Blink (Meu caso) e para quem é VIP (Minha irmã), depois de um tempo, os bate lata do Teddy acaba fazendo efeito com a gente, ainda mais depois que ouvimos o instrumental e claramente o break final é um Bang 3x mais calmo.

How You Like That foi precursora de muitas faixas esse ano, como as reciclagens apontam, mas eu acabei dando meus streamings na faixa para o gosto de todos. E não esqueçamos da maravilhosa linha “Olhe para o céu, é um pássaro, é um avião!”. Ao menos, o “Bring out your boss bitch” marcou também.

DKB – Sorry Mama

A versão menos endinheirada do iKon fez seu debut esse ano. Sorry Mama do DKB, novos pulilos da Brave Entertainment, fez bonitinho nessa faixa, até mesmo com o MV. Mas, nossa, outra faixa trap com EDM para a minha playlist de músicas meia boca, mas que eu gosto é tudo de bom, né? E como esses aqui são nugus demais, ninguém vai me dar tamancada desnecessária.

TOO – Magnolia

Quem não gostou de Magnolia inicialmente, recebeu promoções dela até não cansarem mais, pois além dos stage de meio de semana, ela teve dois ao vivos no Road to Kingdom. Felizmente, assistir os meninos no RTK me fez sentir o mínimo de carisma por eles, pois tem o rapper com cabelo ressecado que achei super cute e que deve ser o único a sair em carreira solo quando esse grupo esfarelar. Sobre a música, não é aquelas coisas, mas eu já gostei de faixas piores.

MCND – Ice Age/Nanana

Outro rookie do ano que entregou suas demos perdida do iKon foi o MCND, com Ice Age e Nanana. Desde o eletrônico estouradaço nos refrões, até os meados de trap e MVs escorrendo orçamento dentro da conta bancária deles, eles conseguiram algo mais pé no chão que facilmente agrada qualquer BG Stan, mas comigo eles fizeram o mínimo para eu dar alguma moral amais a essas faixas. Ambas são boas, mas não o supressumo do tryhard masculino.

Fanatics – V.A.V.I Girls

Meuy pêsames à coluna das meninas, pois as piruetas no ar foi o ápice dessa coreografia, conseguindo ser o must que qualquer grupo fundo de quintal conseguiria fazer para chamar atenção. Em um ano de coreografia mais fáceis para viralizar, VAVI Girls conseguiu ter a parte mais foda da coreografia a mais difícil de fazer desse ano, então parabéns ás meninas. E isso salvou a música bastante. Se bem que aqui eu poderia até colocar Nun Nu Nan Na ou Arisong, mas vida que segue, né?

ZICO & Kang Daniel – Refresh

Juntar dois dos principais nomes mais sem sal do Kpop masculino num tropical house meia boca é a cara da Pepsi fazer isso. Kang Daniel, o ex da Jihyo do Twice, e o Zico, o barrador do BTS, entregaram um MV legalzinho para Refresh, o feat para as propagandas das Pepsi. Impressionado que a Starship está por trás disso e quase não tem idols da empresa (KakaoM conseguindo sempre os nomes, né).

Kang Daniel – Waves/Who U Are

Falando no ex da Jihyo, ele entregou um EP até que tragável esse ano, mas ele simplesmente entregou duas Tiki Taka e achou que conseguiria muito. E essas faixas vem para agradar aos fãs, ou quem gosta de coisa genérica que vem fazer o básico, nesse caso, o meu caso. Dois reggaeton com drops não é nada inédito, mas acabaram me agradando depois de algumas ouvidas. Parabéns a ele.

SuperM: One (Monster & Infinity)

Single oficial do Super One, o álbum do SuperM, eles fizeram bonitinho mesclando duas faixas, tanto que eu nem tinha ideia de que eram duas faixas separadas (Que, no final, o mash-up ficou melhor que as originais). One é aquela faixa que só não apareceu no TOP 100, porque eu lembrei que Elris (Obrigado, Wendell) tinha lançado um EP impecável.

AB6IX – Salute

De todas as faixas mais pau mole que o Dougie poderia ter ridicularizado, eu jurei que nem o apelo do DaeHwi salvaria essa faixa. Mas como todo ano teremos, ao menos, dois comebacks de grupos aleatórios soltando as bandas de fanfarra como instrumental, esse ano ficou para o AB6IX soltar a sua Wonderland do Ateez. A faixa me cativou muito logo no início, mas não nego que isso aqui está bem duvidoso quanto ser a faixa mais cativante do AB6IX, mas ela faz o papel dela.

E aqui encerro com vocês essa pauta maravilhosa para o ano novo de vocês. Espero que tenham boas festas, seguras de preferência. Aos que tem insônia, não esqueçam do show da SM Town gratuito no Youtube nessa madrugada.

TOP 110: [110-101]; [100-91]; [90-81]; [80-71]; [70-61]; [60-51]; [50-41]; [40-31]; [30-21]; [20-11]; [10-01].

Kpop 2020 – Minha Playlist.

***

Oi, pessoal, como vocês estão? Então, vim aqui fazer uma promoção minha. Para quem não sabe, eu também sou escritor autônomo e independente, possuo algumas histórias publicadas no Wattpad e no Nyah! Fanfiction. Deixarei os links abaixo para quem quiser me seguir lá e me acompanhar, estarei fazendo postagens novas, além de revisões das histórias já lançadas.

Agradeço desde já, do fundo do meu coração, quem puder fazer isso.

Clique aqui para ir ao Nyah! Fanfiction!

Clique aqui para ir ao Wattpad!

Uma resposta em “Kpop 2020: As músicas ruins que eu amei escutar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s