Categorias
KPop

Quase uma parceria com KondZilla, Bling Bling são as novas rainhas do KFunk

E aí, meu povo, como estão? Prontos para a invasão do funk na Coreia do Sul?

Kpop é sinônimo de apropriação, cultural ou não, mas de ritmos que fazem a cabeça do mundo. O estilo é super forte no Brasil, inegável pelo âmbito de grupos que só fazem sucesso aqui basicamente, mas conseguem uns wons de vez em quando. Ou seja, até que demorou para começarem a surgir grupos ou Comebacks voltados a ritmos brasileiros, como funk ou o brega.

Porém, queira você ou não, nossa russa musculosa AleXa lançou um funk antes mesmo do bate lata do Mamamoo em Aya Ou até mesmo antes dessas lindinhas aqui terem ideia de que debutariam. Mas vamos ver o que essas nugus do baixo escalão de Seul nos entregou.

Segundo Fontes Ornamentais, KondZilla chorou ao ver que é possivelmente vel mesclar batidas de funk clássicas com instrumentos mais modernos, como o eletrônico. E melhor, a espinha gelou ao saber que uma música pode ter começo, meio e fim e ainda ter um pouco mais de 3 minutos. Se enrolarem mais um pouco, 2 minutos e meio e a estrutura nem muda, com ponte e tudo.

As novatas conseguiram a proeza de trazer um “Vai, Malandra” sem parecer um I Got A Boy da Anitta, sem precisar rebolar a Raba para a Coreia do Sul ficar chocada (Legado das Wassup ainda não teve a coroa passada), mas fazendo os fãs internacionais surtarem sem poder botar a Raba para jogo numa festa. Ou seja, se o ponto é ganhar o mundo, elas têm a faca e o pão.

O problema será eles chutarem num estilo Brasileiro numa época em que temos um dos piores governos da história em relação às diplomacias internacionais. Ou seja, se dependerem daqui para sobreviverem… Tenho pena.

Mas deixemos de enrolar e vamos ao quesito MV. Esse ano os MVs estão bem produzidos, não tem nada que me faca “Socorro, que orçamento enchuto”, está tudo no ponto. Claro, esse tipo de música pede aqueles MVs da YG que tem 10 pessoas por m², mas Pandemia impede isso, então recebemos elas tentando não rebolar depois de verem algum clipe da Lexa.

Eu só desejo sucesso às meninas, porque vai saber se o KFunk vai expandir mesmo para a Coreia. Só desejo um feat com a NaDa.

***

Oi, pessoal, como vocês estão? Então, vim aqui fazer uma promoção minha. Para quem não sabe, eu também sou escritor autônomo e independente, possuo algumas histórias publicadas no Wattpad e no Nyah! Fanfiction. Deixarei os links abaixo para quem quiser me seguir lá e me acompanhar, estarei fazendo postagens novas, além de revisões das histórias já lançadas.

Agradeço desde já, do fundo do meu coração, quem puder fazer isso.

Clique aqui para ir ao Nyah! Fanfiction!

Clique aqui para ir ao Wattpad!

4 respostas em “Quase uma parceria com KondZilla, Bling Bling são as novas rainhas do KFunk”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s