Categorias
Álbum Review Taemin

Comentando “Never Gonna Dance Again: Act 2”, o novo álbum do Taemin

E aí, meu povo, como estão? Espero que super ótimos.

Taemin lançou a segunda parte do seu terceiro álbum de estúdio essa semana, metade da blogosfera odiou a faixa título Idea e eu, depois de não ouvir desde o lançamento, só lembro do refrão desarmônico que me pegou. Com a participação da BoA fazendo vocal de fundo assim como a Shuhua do (G)I-dle ou a Onda no Everglow, eu simplesmente esqueci de adicionar a faixa às minhas playlists, meio que faço isso só após ouvir os álbuns. Mas bora comentar o álbum dessa cacura dançante.

O álbum começa com Heaven, e vamos afirmar (A própria Bruna disse num comentário a mim) que essa salvava o álbum e seria uma title melhor do que Idea. essa faixa segue uma pegada balada, um refrão mais vocal com um up no focal, ela tem toda uma pegada catédrica, com uma construção potente, que renderia takes mais sensuais e bem mais dark, o que combinaria com o MV, e até de uma força de trazer o tema loucura, sendo uma boa entrada triunfal.

Impressionable começa com um toque misterioso, tem toda uma pegada num R&B mais dark, com um vocal mais arrastado, mais tenebroso num sentido bom. Seriamente, eu vejo essa música sendo trilha sonora de algum filme de terror mais infantil, como Noiva Cadáver ou Paranorman.

A próxima é Be Your Enemy, e trouxe a Wendy do Red Velvet para aquele feat maroto. Eu tinha apostas para essa faixa: ou seria uma balada de Station, o que seria previsível demais para a SM, ou seria uma follow-up daquele feat do MAX com a Chung Ha. Felizmente, essa faixa vai mais pelo lado follow-up. A faixa é construída em cima de sintetizadores num violão elétrico, vai criando um clima pacífico no ar, sem parecer forçado. Se eu fosse a SM, fazia um Special Clip com os dois, pode reaproveitar aquele monte de planta naquele clipe das Veludos para a BoA.

E vamos de Think Of You. Ela tem a mesma estrutura instrumental que Be Your Enemy, o vocal do Taemin fica neutro, porém vai cativando conforme vai caminhando. O refrão não estoura, mas é super cativante, tem um quê na voz dele que vai segurando essas faixas que qualquer um poderia estragar.

Agora vamos a Exclusive, uma versão em coreano (Deduzo que a versão original seja em japonês). Aqui ele bebe um pouco do oitentismo que segue moda, o vocal dele está extremamente sensual e aqui seria claramente aqueles Station na época que a Tiffany soltou HeartBreak Hotel, pois tem uma vibe melodramática, mas carrega um instrumental dançante. Nem aquele pós-chorus mais EDM estraga a vibe da música.

Pansy é a primeira faixa realmente calma do álbum. O instrumental é seguido por violão, o vocal do Taemin segura a faixa toda. Não vou negar, por mais que tenha havido uma queda do ritmo, eu não estranhei essa faixa, posso afirmar que é uma das midtempos mais bem feitas desse ano. I Think It’s Love mantém essa linha mais calma, com um instrumental piano. O refrão tem um UP tão potente que a voz do Taemin fica ainda mais nítida.

Por fim, encerramos com Identity. Como as anteriores, a faixa mantém uma linha calma. A track tem um toque melódico épico no refrão, em que o Taemin vai apresentando o vocal aos poucos, até chegar num crescendo em que ele estoura a voz em high notes.

Nota final: 100/100.

Não estou zoando com essa nota, eu amei esse álbum demais, o melhor álbum de 2020, sem brincadeira. Eu amei as faixas, elas tem uma coesão no instrumental, segue uma linearidade impecável. Eu quase chorei ouvindo Identity e como o refrão consegue entregar tudo o que gosto, última vez que foi ouvindo isso foi com My Tragedy da Taeyeon, para mim a melhor b-side dela em anos, e assim Taemin me entregou uma das melhores b-sides de um ato masculino, ainda mais que lembrou muito um lado mais calmo, ainda assim épico de Sayonara Hitori.

O meu medo em que ele ia escorregar esse álbum era enorme, mas esse homem não me decepcionou e entregou o melhor trabalho desse ano. Agora eu estarei perdido, porque já quero colocar todas as faixas no ranking de 2020 e não tem mais vagas.

***

Oi, pessoal, como vocês estão? Então, vim aqui fazer uma promoção minha. Para quem não sabe, eu também sou escritor autônomo e independente, possuo algumas histórias publicadas no Wattpad e no Nyah! Fanfiction. Deixarei os links abaixo para quem quiser me seguir lá e me acompanhar, estarei fazendo postagens novas, além de revisões das histórias já lançadas.

Agradeço desde já, do fundo do meu coração, quem puder fazer isso.

Clique aqui para ir ao Nyah! Fanfiction!

Clique aqui para ir ao Wattpad!

4 respostas em “Comentando “Never Gonna Dance Again: Act 2”, o novo álbum do Taemin”

Eu cantei essa bola que o álbum tava maravilhoso e eu to TÃO FELIZ que você achou o mesmo. Heaven por si só é maravilhosa (e minha favorita do álbum junto Identity) mas todo o trabalho tão tão bem feitinho, amarradinho, lindinho que dá pra fingir que Idea nunca aconteceu e aclamar esse álbum INTEIRO. Obrigada Taemin por entregar tanto 😎

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s