Categorias
DKB T1419 TXT

Combo Homens do KPOP: TXT, DKB e T1419

Praticamente um código de computador

E aí, meu povo, como estão? Espero que estejam de boa, pois hoje não é resumão, mas aquele combo que salvar uma postagem para cada um não é tão necessário.

Começaremos com o DBK, o atual rookie do ano da empresa Brave Ent., aquela que tem em seu catálogo o Brave Girls e o Samuel. O grupo fez seu debut lá no início do ano, com uma pegada que o iKon costumava trazer, tanto que Sorry Mama acho muito um Killing Me mais tragável. O que me espanta mesmo é que tanto debut como os comebacks são sempre em dias com grupos fortes (Sorry Mama junto de Du Dun do Everglow, Still com Fantasia do Monsta X e esse com I Can’t Stop Me do Twice).

Work Hard bebe da fonte do trap melódico, o MV está bem feito e tem muita cena que poderia ser facilmete ser vista como referências a cenas de Fake Love do BTS. Porém, que música genérica, meu pai amado. É estranho que grupos femininos que andam e permeiam o trap tentam inovar enquanto os homens sempre focam no mesmo ritmo, batidas iguais e ao ponto de serem monótonas de se ouvir.

O grupo apresenta um dace line ótimo, mas isso não salva muito. E meu ranço com eles é um pouco grande desde os covers de girl groups em que eles masculinizam a coreografia ao extremo, a ponto de serem mais adaptações do que covers (Eu acho um falta de respeito, pois se um GG deixa uma coreô mais “feminina”, capaz do próprio grupo vir reclamar).

*

Ontem também foi dia do TXT lançar sei 3º mini álbum, os teasers não vinham trazendo um forte hype comigo, mas eu estava até que animado para o comeback, pois visualmente estava bem bonito, além de que vinha aquela aura de Crown, pois ainda espero uma follow-up dela.

Blue Hour bebe muito do retrô, assim como BTS fez como Dynamite. Uma coisa que o Wendell disse que eu não tinha visto é que o TXT pode ser o lado mais aegyo do BTS enquanto o Enhypen pode ser o lado mais dark (Os famosos Red e Velvet), o que pode ser uma boa, pois ambos os grupos já tem aquela fanbase de não precisar fazer comebacks mensais para encher o bolso e comprar o misto quente no FDS.

E como eles não costumam lançar inéditas para os lançamentos estadunidenses nem japoneses, não precisam gastar tempo em fazer novas composições. Mas voltemos ao single. Olha, eu ouvi hoje com mais calma, a música é boa, mas eu achei ela bem qualquer coisa para o que eles já entregavam. Mas como desde Can’t You See Me eu já ditava que eles usavam de demos descartadas do MOTS7 do BTS, não me impressionaria que essa aqui seja descarte do BE dos irmãos mais velhos que vem mês que vem.

*

Por fim, falando em irmãos mais novos, esse T1419 são os irmãos mais novos do Momoland. Isso, a MLD expandiu seus horizontes e, junto com a Sony Music, eles debutaram um novo grupo. Eu não entendi se o single de ontem, lançado ao meio dia, foi um pré-release ou apenas um single digital como debut mesmo. Mas vamos aguardar enquanto isso.

Pelo que se pode notar do MV, por ser bem mais performance, é um pré-release. Sem prometer nada, mas já entregando o melhor single de ontem, Dracula não é nada inédito. Aqui tem uma forte referência do que o VIXX faria, uma mescla bem dark num eletrônico que chega a ser despivetado. Assim como o próprio nome da música, os acordes são bem graves, lembrando algo bem catédrico de se ver, o que combina com a igreja ao fundo.

Aliás, parece aquele teatro de Black Swan do BTS e de Jungle do Bvndit. O aluguel está mesmo barato se for. AS maquiagens chegam a ser mais cômica do que terror, aqueles lobos no final foi para gastar o CGI que faltava parar dar o UP, afinal do que tem de morcego para cima e para baixo nesse clipe nem se fala. E os meninos aparentam ser ótimos dançarinos, eles capricharam bastante e talvez eu os acompanhe pelo fator irmãos do Momoland, apesar do meu bode com a MLD.

***

Oi, pessoal, como vocês estão? Então, vim aqui fazer uma promoção minha. Para quem não sabe, eu também sou escritor autônomo e independente, possuo algumas histórias publicadas no Wattpad e no Nyah! Fanfiction. Deixarei os links abaixo para quem quiser me seguir lá e me acompanhar, estarei fazendo postagens novas, além de revisões das histórias já lançadas.

Agradeço desde já, do fundo do meu coração, quem puder fazer isso.

Clique aqui para ir ao Nyah! Fanfiction!

Clique aqui para ir ao Wattpad!

4 respostas em “Combo Homens do KPOP: TXT, DKB e T1419”

De fato, um código de computador kkkk
Só pelo que você falou fiquei com MAIS PREGUIÇA AINDA DO DKB e essa dos irmãos do Momoland até que tá legalzinha, a ideia da maquiagem foi algo que nunca vi no k-pop… Algo meio inovador sempre deixa um lançamento um pouquinho mais interessante pra mim (mas ia ser MUITO LEGAL se eles tivessem um clipe vampiresco com estorinha que nem o do Boyfriend pra esta música):

Curtido por 1 pessoa

Então, eu achei que eles teriam uma história, até pq vi que o debut so será em dezembro, com foco os EUA (Momoland sobrevive mais um ano com os Wins advindos com o recesso de ano novo), então dava para vir um MV mais UAU!, não apenas um performance (Ou só quiseram mostrar como eles são demais na coreô)

Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s