Categorias
Weki Meki

Weki Meki fritam nosso cérebro com essa tal de Cool

E aí, meu povo, como estão? Prontos para essa rave criada pelo Weki Meki?

Weki Meki já bateu presença duas vezes esse ano com comebacks, sendo Dazzle Dazzle um teen crush extrovertido e divertido e Oopsie um pop genérico animado, mas que não me cativou muito. Eu meio que fui pego de surpresa com esse comeback, eu não esperava, mesmo que não fizesse sentido em manter as meninas em hiatus até o ano que vem.

Weki Meki apresenta um conceito próprio, que é o teen crush, elas foram as pioneiras desse estilo com a Fantagio tentando fazer um grupo de line-up extensa mas sem parecer genérico como qualquer outro que tenha saído do IOI. Cool começa um amadurecimento desse estilo, ele largou os sintetizadores dos singles anteriores, e colocaram um instrumental eletrônico, bem estilo de rave, uma fritação de cérebro básica.

Na primeira ouvida, eu tinha achado super estranha, ainda mais que começa com um vocal sussurrado, que não vai muito para lugar nenhum. Mas depois as meninas tiveram um up no vocal, e começaram a cativar aos poucos, até chegar no refrão que, por mais tryhard que seja, tem letra, não apenas elas gritando cool toda hora (E isso no Brasil não seria nada bonito com nosso dialeto contendo c*).

O MV é o mais bonito delas desse ano, todo o orçamento conseguido pelo mini álbum anterior e o que não gastaram nos singles anteriores foi socado nesse clipe e eu agradeço, porque Weki Meki costuma segurar suas músicas pelo clipe, pois conversa muito com o estilo.

Elas retornaram com mais um mini álbum, contendo faixas ao todo. Começamos com Sweet Dreams. Essa faixa tem uma pegada celestial, bem estilo synthpop que remete filme de bruxas, mas daqueles estilos mais infantis em que as bruxas são divertidas e não tão trágicas. O reboot de Convenção das Bruxas está aí, nada que um special clip para essa música combinar.

Seguimos agora com D-Day, um midtempo melódico com uma pegada de indie e retrô. É uma faixa usada para encher álbum, ou até mesmo para encerrar um trabalho. Just Us é um trap pop mesclado com retrô numa midtempo que conversa com a faixa anterior, bem passavel. Por fim, a última faixa é 100 FACTS, a versão em inglês de Cool. Por que mudaram de nome? Não sei.

Nota final: 30/50.

Comeback bom das meninas, não sei se abaixará uma luz no grupo e essa música se torne viram com elas estourando a todo momento, mas elas estão precisando daquele viral para explodir mesmo. Se não a Fantagio irá para um novo GG futuramente e já sabemos como essa história termina (CLC e (G)I-dle).

Publicidade

Uma resposta em “Weki Meki fritam nosso cérebro com essa tal de Cool”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s