Categorias
BlackPink

Quem deixou o David Guetta cuidar de Lovesick Girls do BlackPink?

E aí, meu povo, como estão? Já tomaram seus remédinhos e estão se curando do amor?

BlackPink finalmente está de volta com o seu primeiro full álbum de estúdio (Esperemos que não seja o único), já teve caos na internet, já teve hate, teve gente que não gostou, teve eu acordado às duas da madrugada para ouvir… Mentira, é a insônia desse calor que tem me feito acordar esse horário sempre, só aproveitei após que bebi minha água. Vamos então fazer uma review desse single maroto?

Lovesick Girls tem a produção do Teddy, do R.Tee e do David Guetta. Em resumo, fiquei com receio do que a YG desovaria para a gente, principalmente pelo história de ambos os produtores: Teddy sendo um genérico que reformula o mesmo conceito sempre em suas faixas e David Guetta que desde aquela feat tenebroso com o Justin Bieber não tem acertado numa faixa, a não ser que contenha ”Feat. Sia”, pois nessas ele acerta com gosto. Só salva o R.Tee,.e nem tanto assim também.

A faixa é coesa e coerente do início ao fim, desde o instrumental mais country que mescla eletrônico e pop, até no rap que não cai no famoso trap ou hip-hop, os quais sabemos que é a marca do grupo nos últimos singles. O melhor dela é quando chega no refrão, todo mundo esperando o drop tenebroso… Mas, não! Vamos levantar as mãos e agradecer porque recebemos um refrão! O refrão é cantado! Numa música feita pelo Teddy! Somi fazendo história.

Mas é fato que esse refrão menos drop tem dedo do Guetta, com certeza, porque ele raramente faz drop em refrão cantado, só ver produções como Titanium, She Wolf, Hey Mama e outras. Não podemos negar também que as meninas devem estar extremamente felizes com esse retorno, pois saiu da linha padrão delas, e elas afirmaram que essa faixa seria um divisor de águas na discografia do grupo.

Sobre o MV, eu achei ele bem feito, eu mesmo já esperava um clipe ambientado em locais abertos, sem ser uma grande caixa como foi com Ice Cream, How you Like That e quase todos os clipes dela (Creio que Stay seja o mais que se aproxima de lugar aberto). Contudo, eu esperava um pouco mais. Os MVs do BlackPink costumam ser aquele conceito de ver o orçamento escorrendo pela tela, coisa que não vimos nesse aqui.

Pelo pouco que deu para ver da coreografia, as meninas entregaram uma boa, mas nada que vá mudar minha vida (Ou a coreô vai mudar e eu ainda não sei).

Lovesick Girls tem toda uma produção, isso é inegável. Mas sei lá, eu esperava mais, só não sei ainda o que era. Claro que eu não esperava aquela pataquada que foi ON do BTS, e a YG nunca foi de usar CGI sem precisar (Eu conto nos dedos os clipes que tiveram efeito). Só fico feliz que esse álbum saiu, esse comeback saiu, a fanbase nunca foi tão bem servida como foi esse ano, e agora é torcer para um comeback ao menos com um single ano que vem (Porque se liberarem shows ano que vem, podem esperar comeback só em 2022).

Aliás, só eu achei que essa música tem aquele ar de canção de disband quando a gente não sabe que é o último comeback do grupo antes de um longo hiatus ou disband? Sabemos que a YG sempre desova uma canção de despedida, mas essa aqui está diferente, hein?

3 respostas em “Quem deixou o David Guetta cuidar de Lovesick Girls do BlackPink?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s