Categorias
Álbum Review Cignature

Cignature lança a sua Arisong despivetando mais que o ITZY

E aí, meu povo, como estão? Acordando atrasados nessa terça-feira porque a cama estava mais confortável?

Cignature tem metade da line-up de um grupo flopado que lançava aegyo. Agora, elas amadureceram e estão num teencrush gostosíssimo fazendo a fanbase internacional começar a engolir o estilo, eu espero, para não passaram a ignorar mais um grupo e depois vir nos comentários relamar do povo só lançando trap tryhard eletrônico.

Arisong é uma mescla de título em inglês com aquela pegada onomatopeica que deixa a Lee Hyori de cabelos em pé e sem conseguir dormir por mais uma noite, pois tivemos o LADIDA do Everglow ontem. Quem acompanhou Nun Nu Nan Na e Assa, sabem que as meninas seguem esse estilo bubblegum pop, mesclando com um synthpop despivetado, que traz conceito do aegyo com o maduro para entregar um ritmo divertido.

Nessa title, elas seguiram bastante com o PC Music e o club house, tanto que dividindo a música em partes, conseguimos diferenciar cada estilo, que foi colocado para dar aquele ar de bem feito. Óbvio que podem chegar ao nível de mal feito, mas as meninas estão aí entregando o lado despivetado do Kpop com muito sucesso e coesão.

O clipe, eu jurei errado que teríamos um sexy concept disfarçado de aegyo, mas elas conseguiram manter a linha do side A do debut, então podemos esperar um side B mais classudo para um próximo comeback, ou apenas uma floow-up do próprio álbum, o qual comentarei agora pouco. Como muitos ja devem reparar, das 7, nem todas conseguem combinar com o teen crush, sendo bem mais emblemáticas no girlcrush estilo Assa. Só acho impressionante como aqui é bem explícito essa divisão de quem se destaca mais.

Aliás, o MV está muito bem produzido. Não que os anteriores não estivessem, mas elas mantiveram a qualidade.

Link do álbum no Spotify!

Elas retornaram com o primeiro mini álbum, o Listen and Speak, e é impressionar que todas as faixas, sem exceção, são onomatopeias ou palavras não-inglesas. Se o sucesso vier, podemos comemorar. Além das reciclagens de Nun Nu Nan Na e ASSA, o EP abre com DALDALHAE, uma faixa bubblegum, mais pé no chão, divertida e alegre, sendo o lado despivetado das meninas.

O álbum ainda apresenta HingHing, uma midtempo vocal, ela é calma, dá uma desacelerada, dando um ar mais synthpop ao ritmo delas.

Nota final: 28/30.

Por mais que seja um EP, não considerei as duas faixas anteriormente lançadas. As meninas capricharam muito nesse comeback, é divertido, todo o álbum consegue ser coeso e coerente, mesmo com ASSA ali perdida, mas ainda tem a sua similaridade instrumental. É uma ótimo comeback e vamos às promoções. Um win agora nem deve rolar, além do grupo ser pequeno, temos Everglow no páreo.

***

Oi, pessoal, como vocês estão? Então, vim aqui fazer uma promoção minha. Para quem não sabe, eu também sou escritor autônomo e independente, possuo algumas histórias publicadas no Wattpad e no Nyah! Fanfiction. Deixarei os links abaixo para quem quiser me seguir lá e me acompanhar, estarei fazendo postagens novas, além de revisões das histórias já lançadas.

Agradeço desde já, do fundo do meu coração, quem puder fazer isso.

Clique aqui para ir ao Nyah! Fanfiction!

Clique aqui para ir ao Wattpad!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s