Categorias
KPop Time Machine

Time Machine: O dia em que o ANS emulou Everglow em Say My Name

E aí, meu povo, como estão? Esperando empresas ruins irem à falência para liberar seus idols para serem livres?

Num resumão que eu fiz umas semanas atrás, contei alguns casos de alguns grupos que deram disband pela crise do coronavírus pelo mundo. Um deles foi o ANS e uma das polêmicas mais confusas dos nugus desse ano, mas não uma das mais pesadas. No final, elas não conseguiram a liberdade da empresa ANS Entertainment, o que é uma pena, pois outras empresas também já estavam de olho nelas, principalmente para assinar contrato com as 7 que pediram rescisão de contrato.

Porém, aproveitando o comeback do Everglow, e como eu suspeito que não teremos mais nenhum comeback das meninas pelo nome ANS (E eu preciso da 3ª pauta para o dia de hoje) vamos falar delas.

Quando eu soquei as meninas num resumão em janeiro eu não pensava que 1) o mês de janeiro seria mais morto que qualquer outro ano do Kpop e eu precisaria fazer álbum review até da minha alma e 2) que as meninas seriam o estouro foram. Outro detalhe que me intrigou, ontem falei sobre o caso da 1theK, mas os MV delas só está no canal, será que há exceções do canal da 1theK ajudar ou não? Mas paremos de enrolação e vamos falar desse single.

Say My Name é um eletrônico que mescla conceitos de trap, hiphop e sintetizadores. Por incrível que pareça, a maioria das integrantes, na época eram 8, conseguiram carregar esse estilo, uma vez que o estilo do comeback anterior não era tão girlpower quanto esse, e sabemos que essa mudança brusca de estilo, sem um preparo correto, fica estranho. A faixa tem uma crescente boa, não repete o refrão pela terceira vez, mas parte direto do segundo um dance break lindíssimo e extremamente viciante, assim como a música inteira.

O MV, por mais básico que seja, usando de estilos já batidos no KPop em 2019 e 2020, como as luzes de LED, aquele monte de lâmpada espalhada para todos os lados, elas focaram muito em dança, há poucas cenas em que elas estão sozinhas, ou que cada uma tenha um ambiente apenas para si mesma. E como a coreografia é maravilhosa, tem lógica focar nela ou sempre melhorar a coreografia quando não se tem tanta verba assim.

Agora, sobre elas emularem o Everglow, realmente você não notou a semelhança como nada, não?

Ter os mesmos produtores é um fator que coloca muita gente como plágio de muita gente, ainda mais quando se há uma assinatura muito clara (Para não dizer preguiçosa): Soyeon do (G)I-dle, Shingsadong Tiger, Lee Soo Man da SM ou o próprio Teddy da YG. Então, quando os produtores mantiveram a mesma estrutura que, por diferente que seja do usual, é uma estrutura boa, pois chega a ser curta a música, então incentiva o efeito repeat, mas ela não fica incompleta como algumas músicas, tipo Sour Candy da Gaga com as BlackPink, ou Evapora da Iza com a Ciara.

O mais engraçado foi que a música do Everglow apresentou acusações de plágio de alguns fandons de artistas pequenos internacionais, diferente do ANS que só recebeu comparações, mas manter a mesma estrutura de música não é crime, mesmo com os mesmos produtores.

No final do MV, recebemos aquela informação de que teríamos a 9ª integrante, mas como sabemos, não será possível, nem saberemos quem é essa integrante, então será mais um mistério para o Kpop. E, assim, encerro a pauta desejando que as meninas consigam se livrar da empresa, ou que elas cheguem num acordo amigável a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s