Categorias
Álbum Review Lovelyz

Comentando “Unforgettable”, 7º mini álbum do Lovelyz

E aí, meu povo, como estão? Ainda se lembrando do Obliviate em suas mentes?

Lovelyz já começou muito bem a sua era, bateram um #2 lugar no Genie, além de levarem um Win no The Show no dia de ontem, o que, anteriormente, causou uma briga enorme entre as fanbases dos grupos da CUBE . Mas é aquilo, mexeu com o fandom, mexeu com o caos. Com isso, vamos comentar um pouco sobre esse 7º mini álbum que aguardamos quase um ano desde o último lançamento oficial das meninas.

O EP começa com a intro Unforgettable, a mesmo que nomeia o projeto. É uma faixa angelical, que trabalha com um instrumental ópera para dar aquele ar de magia que entregaram com o MV oficial. Dream in a dream é a primeira faixa, é um midtempo club house, seguindo uma linha sequência que a title nos entregou, dando aquele ar de continuação, mas não tendo a mesma potência que Obliviate. Além do mais, ela segue aquela linha aegyo angelical que consolidou o Lovelyz.

Never, Secret também segue uma linha midtempo, ela é calma, já deixa o club house para trás e foca apenas naquele bubblegum poético que elas nos deram com Destiny, por exemplo. Não cai naquela linha balad vocal, mas se retirarmos alguns tons da música, facilmente seria um solo da Key. Memories vira a chave e cai numa midtempo em reggae, é uma faixa típica pra preencher espaço num mini álbum quando não bem trabalhada. Contudo, não é o caso dessa, pois ela tem uma crescente forte no refrão, caindo num eletrônico vocal bem gostosinho de ouvir.

Por fim, temos Worry Dolls. É uma faixa mais balad, mas ainda mantém uma força vocal que não cai numa canção de ninar, mas ainda falta alguma força para ela. Nem o refrão mais forte, que parece música final de filme de autoajuda emociona muito, a pegada de rock fica deslocada, mas é o que mais anima, aliás.

Nota final: 30/50.

Não é um EP ruim, mas também está longe de ser “UAU, que perfeição!”. Eu vejo um problema aqui como eu vi no EP do Apink. A faixa vem para chocar, vem para trazer uma elegância que quebra os padrões com as faixas anteriores desse amadurecimento. Contudo, para não perder aquela fanbase fiel de antes, as b-sides pegam as demos antigas para preencher espaço e eles que rezem para vir um special clip para a faixa mais aegyo e agradar todos.

Mas pensando que eles possuem a Key como solista, em que ela que engole todos os minutos das faixas anteriores, então podem ficar aliviados e socar mais uns club houses safados na tracklist.

Link do álbum no Spotify!

Link do álbum no Youtube Music!

***

Oi, pessoal, como vocês estão? Então, vim aqui fazer uma promoção minha. Para quem não sabe, eu também sou escritor autônomo e independente, possuo algumas histórias publicadas no Wattpad e no Nyah! Fanfiction. Deixarei os links abaixo para quem quiser me seguir lá e me acompanhar, estarei fazendo postagens novas, além de revisões das histórias já lançadas.

Agradeço desde já, do fundo do meu coração, quem puder fazer isso.

Clique aqui para ir ao Nyah! Fanfiction!

Clique aqui para ir ao Wattpad!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s