Categorias
JYP Polêmica

Polêmica: o hate em cima do JY Park

E aí, meu povo, como vocês estão? Tudo numa boa nessa tarde de sexta-feira?

Então, não sei se vocês estão sabendo, mas JY Park, para os mais íntimos JYP, fará seu comeback, um feat com a solista Sunmi, ex-Wonder Girls, um dos primeiros grupos da empresa. A amizade dos dois é de longa data, então até acharia mesmo que um feat pudesse rolar entre as promoções dos comebacks anuais da Sunmi. O que eu não esperava era o hate gratuito que esse homem está sofrendo pelos motivos mais todos de todos.

  1. “Ele é velho demais para ser idol”

Preciso realmente comentar sobre esse fator? Sabemos como a indústria cultural coreana, principalmente as de idol, é extremamente cruel com seus artistas, muitos entram para a blacklist, outros simplesmente são esquecidos por serem velhos, ou precisam se render a estilos mais aguadados, como as baladas de cafeteria para conseguir fazer algum sucesso com pessoas adultas.

Disso, um dos artistas de uma das empresas mais estruturadas do Kpop fazer um comeback e o hate que ele sofre é exatamente com o fator que mais afasta outros idols.

2. JY Park não é o único CEO da JYP Entertainment

Uma das principais críticas que nós, kpopers, fazemos é em cima dos CEO das empresas, ainda mais nomes da Big3, que acabam levando o nome de seu fundador. O que não podemos esquecer é que uma empresa do tamanho da JYP não contem apenas um CEO, além de que todos os passos que esses coordenadores tomam são apontados pelos acionistas. JY Park também um dos acionistas, então ele tem voz para escolher o que seus grupos farão, ou deixarão de fazer, além de decidir se irá fazer comeback.

Mas ele querer não é sinônimos que ele poderá, pois há outros acionistas que podem preferir investir nos outros grupos. Ou seja, precisamos ter sempre em mente de que ele não é o único manda chuva do pedaço e que a palavra dele, muitas vezes, pode não ser a última.

3. “Ele precisa valorizar mais o GOT7”

Não sou da fanbase do GOT7, sei que a administração já deixou a desejar muito quanto ao estoque de álbuns dos meninos, mas valorizar mais um grupos que basicamente é uma das vozes mais fortes na China? Eu me lembro muito bem que quando anunciaram o comeback dos meninos com Not By The Moon, a bolsa da JYP teve um salto de valorização enorme, então os acionistas sabem que os meninos lucram.

Outro detalhe, o grupo completou 6 anos de debut em 2020, então as atividades costumam ser reduzidas, focando em solos que, como disse, fazem muito sucesso na China, tanto que o boygroup mirim da JYP faz feat com alguns dos 7 sem pensar muito.

Além do mais, o GOT7 bate presença em muitos charts por aqui, mas eu sei que vocês querem que eles sejam do patamar que muito grupo com 7 integrantes… A diferença é que eles não são o único ganha pão da empresa, né?

Isso também vale para o Day6, que já apresentou vários problemas, mas creio que uma pauta a parte pode ser feita focando neles.

Esses são 3 motivos que precisamos analisar antes de tacar hate num idol só porque vocês não gostam da administração da empresa que ele fundou. Igual ano passado que ele se apresentou com a Hwasa, como se fosse escolha deles o feat e não uma escolha da produção do MAMA.

Publicidade

8 respostas em “Polêmica: o hate em cima do JY Park”

Até hoje eu fico ????? com a fanbase querendo atear fogo no JYP por esses motivos. Principalmente por causa da empresa que leva o nome dele, o povo realmente acha que só ele faz escolhas??? Mesmo??? Enfim, quando a Sunmi postou que faria um dueto com ele eu quis esconder minha cara de vergonha alheia quando vi as menções, se fosse só brincadeira ok mas tinha gente destilando um ódio desnecessário ali sem nem pensar que a própria Sunmi parece estar animada pra isso…

Curtido por 1 pessoa

Se até a Sunmi riu delas apagando o JYP da foto quem sou eu? Teve muita piada que estava ok, mas o nível do hate tava muito alto e feio de ver. Also, essa tag pra dar mais atenção pro GOT7 nunca acaba né? Eu vejo as ahgases reclamando disso quase todo o santo dia (e descendo hate em grupo que nem tem culpa no cartorio).

Curtido por 1 pessoa

JYP realmente é velho demais para ser idol. E pra mim, esse é exatamente o diferencial dele.

Acho legal como ele não tem medo de ser tosco; pra mim parte do apelo do k-pop era justamente a capacidade de não se levar a sério (algo que infelizmente eles têm perdido MUITO de uns anos pra cá). E naquele show que ele fez comemorando os 50 singles em #1 que ele já produziu (acho que era esse o tema do show), ele mostrou que a idade não atrapalha em nada nas habilidades de canto e dança dele, então ele tá mais que certo em continuar fazendo o que gosta.

Curtido por 1 pessoa

Só uma pequena correção, se você me permitir, o CEO é o Diretor-Executivo de uma empresa, ou Presidente aqui no Brasil tradicionalmente, então é só uma pessoa mesmo. É o cargo máximo de tomada de decisões.

Porém, o que você falou é verdade, o CEO, principalmente de empresas enormes como a JYP Entertainment Corporation (035900.KQ na KOSDAQ, bolsa da Coréia do Sul) e que é pública (no sentido de empresa aberta para acionistas através de uma bolsa de valores, não de empresa do governo) geralmente as decisões passam por um Board de acionistas e votações em assembleias, geralmente dominadas pelos acionistas majoritários, dos quais o Park Jin-young, que é uma Pessoa Física e fundador da empresa, faz parte.

Ou seja, ele tem sim alguma influência, principalmente na área-fim, artística, nas decisões da empresa, mas longe de ser o “manda chuva” como ingenuamente alguns fãs acreditam. A real é que em empresas como as Big3 dificilmente uma pessoa só vai conseguir mandar em tudo. Excelente artigo!

Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s