Categorias
Sem categoria

AleXa é uma vilã num vídeo performance

E aí, meu povo, como estão? Espero que ótimos.

AleXa é uma solista que participou do Produce 48, mas passou longe da Line Up final, então sua empresa achou melhor a Idol se lançar solo solistas. Vamos ver como estão as coisas para esse início de retorno dela?

Villain é um pré-release para o seu ainda inédito novo mini álbum. A faixa é bem característica do que ela costuma trazer, um eletrônico mais tryHard com um refrão bem lotado de drops intensos com um instrumental bem pesado digno de trilha sonora de qualquer filme de ação.

Por não ser um single oficial, é apenas um vídeo performance, como foi com Kitty Run e A.L.Tropper. Mesmo assim, é uma alta produção, com a história original do debut Bomb, trabalhada ainda no comeback de Do or Die. Tivemos algumas adições poucas de ações, mesmo o foco sendo a dança, que sem perder o costume, é bem complexa, toda trabalhada em movimentos fortes e tals.

Eu acho a faixa mais fraca dela, Bomb e DoD arrasam bastante, são faixas excelentes, mas essa dica bem mais abaixo. Claro, não é aquele single de retorno, mas trabalhar um pouco amais não mata ninguém quando temos Kitty Run como b-side dela, né? Para mim, será questão de dias até eu me acostumar, pois me considero do fandom e Prefiro uma mulher entregando esse estilo do que alguns boys por aí (Falando como se não escutasse Basquait do Pentagon todos os dias, mas ok).

3 respostas em “AleXa é uma vilã num vídeo performance”

Eu não sei muito bem o que pensar a respeito dessa mulher, quer dizer, é apropriação cultural ou não? Ela tá dentro do kpop? Minha visão de kpop tá muito limitada a pessoa pelo menos parecer asiática? Parece que sim, porque acho estranhíssimo essa cantora tentar fazer sucesso lá.

Curtido por 1 pessoa

Acho que não se trata de apropriação pq ela passou por todo o processo de treinamento. Muitas vezes ela tem uma descendência coreana, mas não está presente na fisionomia como alguns outros idols como o BM do Kard, que possui descendência e é canadense.
Diferente, por exemplo, de um grupo britânico que fala que é Kpop apenas por estarem cantando em coreano, aí já é apropriação cultural. Mas vou pesquisar mais sobre, pq eu realmente não tinha pensado por esse lado, até pq eu mesmo achei que ela tinha uma descendência direta

Curtir

Como eu não sei muito dela, só via umas coisas que Soompi soltava sobre ela ter vencido alguma competição, ou algo assim, eu achava que ela tinha vindo da Rússia e aparecido na Coréia do nada pra tentar sucesso no kpop. Por isso a dúvida sobre apropriação cultural. Sobre o grupo britânico, achei estranho tbm. Mas por outro lado, gostei da nova line-up do ex-Rania, vai flopar? Provavelmente. Porém, tá bem bonita de se ver.

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s