Categorias
Álbum Review Cosmic Girls

Álbum Review: Cosmic Girls/WJSN – As You Wish

Aproveitando a leva de reviews para aproveitar o hype dos comebacks, vamos com o último comeback do Cosmic Girls, já que as meninas também voltarão mês que vem.

Title e MV:

As You Wish foi a escolhida da vez para ser a title das meninas. Mesclando bubblegum pop com sintetizadores, as meninas continuavam a sequência de single mais cósmicos, além de toda a ideia já mesclar acordes que remetem mesmo a essa tipo. O break final é impecável e dá um olhar mais novo e vivo no encerramento.

O MV segue a linha da title, uma mistura cósmica. Além do mais, há os detalhes de telefonistas com a letra de querer realizar o desejo da outra pessoa. Além do mais, é um dos mais criativos delas, mas não seguem muito uma histórinha, que certeza mais favorável e memorável (Não é que não tenha, mas não fica nítido).

Track by track:

Com um total de 6 b-sides, o EP começa co Luckytty-cat. Eu diria que ela segue a mesma linha cósmica aegyo da title, mas conversa mais como b-side (Ou title de algum nugu como DreamNote). A faixa não é apática, mas está longe de ser uma b-side legal delas, gostosinha de ouvir, mas passa batido. Continuamos com Lights Up, uma balada vocal mais voltada para um lado sentimental, carregando mais em instrumentais como piano, bem leve e quase imperceptível.

WW é a terceira álbum track, que trabalha com o mesmo lado bubblegum, mas com ritmos mais animados. A próxima é Badaboom e essa deveria ter sido a title, porque eu amei demais essa aqui, a mescla de aegyo com girl crush, algo mais power, com um instrumental mais forte, poderoso, demonstra que elas teriam um amadurecimento bem razoável e gostoso de ouvir, apesar de eu achar o break final um pouco comprido.

A penúltima track é Full Moon, uma midtepo que segue a linha de sintetizadores das demais, sendo bem mais clama, mas ainda segue a linha: para o Cosmis Girls é b-side, mas poderia ser title de muitos grupos menores.. E encerramos com Don’t Touch, uma uptempo gostosinha.

Conclusão:

Title As You Wish: 7/10;

MV As You Wish: 8/10;

Álbum Tracks: 20/30;

Nota final: 35/50.

Vendas e Charts:

Até o final de janeiro desse ano, 2020, o mini álbum havia contabilizado com mais de 85 mil cópias na Coreia, além de um pico em 2º na GAON, encerrando a primeira semana em 106º do mesmo chart. As meninas tiveram apenas um Win, que foi no The Show.

Uma curiosidade sobre a música foi que, no dia primeiro de janeiro, às 2 da manhã lá na Coreia, a música subiu significativamente nos charts por uma tradição local, de que a primeira música que você ouvir é a que definirá o seu ano (Starship acertou em cheio na letra dessa aqui, e pode ser o viral anual da virada na Coreia).

Considerações finais:

Inicialmente, eu não havia gostado das faixas, achara fracas, com exceção de Badaboom, que amei logo que escutei. O detalhe que me incomoda do MV são as roupas mais infantis que colocaram nas meninas, que acaba dando aquela pesada no visual com pouca vontade, achei bem desnecessário.

De resto, é um ótimo comeback e que venham o próximo mês que vem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s