Categorias
Girls'Generation/SNSD JYP KPop Minha história Pauta Aleatória SM Twice

Minha história com: Twice

Continuando com o a série da pauta que eu deixei parada faz um tempo, e eu estou com ideia para continuar com essa, então vamos falar de como eu conheci Twice, um grupo que foi do céu ao inferno comigo.

Conheci o grupo, por acaso, quando minha irmã me mostrou o MV de Likey. Para alguém como eu que não sou muito fã de aegyo, foi meu primeiro momento em que eu me vi gostando de algo semelhante a isso. Claro, eu nem sabia de qual empresa e de como funcionava toda a bagunça que a JYP fazia na carreira das meninas.

Em seguida, veio a minha primeira decepção com Twice, que foi com Heart Shaker. Hoje gosto bastante da música, mas anteriormente eu torci o nariz com um leve perda de apreço pelas meninas, mas nada que me fizesse odiar o grupo quando um fatídico meu sangue SONE deu a louca e começou a tomar birra com as meninas que tomavam o lugar de Grupo da Nação das minhas faves. Eu tinha, sei lá, uns 18 anos na época e era bem a toa no quesito kpop, então bora tacar hate nas meninas… Mentira, nunca taquei hate, só falava que a discografia delas era ruim (Isso porque eu não conhecia algumas b-sides coreanas do Girls’Generation ainda…).

Bom, então veio o primeiro comeback do Twice que eu acompanhei desde photo teaser e tals. No início, eu fiquei bem animado, esperava algo elegante por causa daqueles vestidos elegantes, mas o tapa de realidade foi demais quando veio aquela aguinha com açúcar de What Is Love?, mas é aquilo, nem sempre os não-fãs são bem servidos como os fãs. Eu já escuto com mais facilidade, não preciso ingerir alguns litros de água para descer essa música que, anteriormente, já foi insossa.

Claro que as bonitas já começariam a fazer lançamentos japoneses (Não sei se foi antes ou depois, mas conheci essa música aqui). Candy Pop subia em um aegyo tão açúcarado que eu até hoje penso como eu gostava dessa música de ver o performance video sem parar até cansar. O mundo tem dessas, né.

Em seguida, vamos para a música que me fez acreditar que eu poderia tornar a gostar delas, mas essa cria encapetada de Dance The Night Away é a coisa mais horrorosa do Kpop (Por hora) que o JYP poderia ter dado às meninas. Teve na época, eu me lembro, de uns sones falando que era cópia de Party. E eu concordo porque Party é a pior faixa do Lion Heart! Disso, minhas esperanças com o Twice estavam no fundo do poço e com um pá para cavar ainda mais.

Conhecem aquele ditado “Nunca duvide de nada”? Então, veio o tão comeback japonês como pré-lançamento para o primeiro full álbum das meninas. Só não esperei ser BDZ isso que recebemos, não é? Praticamente a filha de Lúcifer que veio andar pelo meio das demos do Twice, fazendo minha pessoa não sentir mais ódio, ou decepção, mas indiferença, porque eu não sabia mais o que elas lançariam.

Com as esperanças lá no chão, JYP pôs a mão na consciência e decidiu lançar algo mais digestivel para todo mundo pelas mãos das DuasVezes, não é? Que Yes or Yes tem uma letra de gosto duvidoso, isso é verdade, mas a melodia finalmente saiu do aegyo sem sal para um aegyo que mistura um teen crush e decencia em produzir demos, não é? Óbvio que eu temi o próximo comeback, porque a gente sabia o que aconteceu de 2017 para 2018.

Quando começou a sair as fotos para o Fancy, eu jurei que o conceito seria aquela palhaçada feita em Paint, mas os vídeos teaser me revelaram algumas coisas: 1) Reaproveitaram o corredor de Dalla Dalla, 2) A Jeongyeon fica maravilhosa de cabelo longo (Cabelo curto nela é tenso) e 3) que a evolução musical delas viria de um jeito ou de outro. Disso, recebemos o pop perfection que foi Fancy e como é incrivelmente perfeita aquela música que, sem exagerar na evolução, ocorreu de forma leve, sem deixar as marcas do grupo para trás. Prova disso, o termo Twicização pode ser usado para esse tipo (Girls’Generatização fica péssimo, então… Além de que o SNSD não teve uma evolução musical mesmo, porque tivemos Oh! e Run Devil Run em um ano, Lion Heart e You Think em 2017 e Holiday e All Night em 2019, ambas com conceitos opostos do aegyo e o girlcrush).

Com o terror de BDZ como antecessora, quando saiu Happy Happy e, especificadamente, Breakthrough, vimos que o amadurecimento vinha também na linha japonesa, uma vez que tivemos a dualidade em um mesmo comeback. Óbvio que prefiro BT, mas não podemos dizer que HH seja ruim.

Por fim, a evolução musical delas veio com os dois lançamentos finais do ano passado, com Fake & True e Feel Special, ambas bebendo do disco house, uma mais despivetada e a outra mais chique e fina. Uma evolução que ainda não grita Apinkização, mas já vimos que Twice não são as mesmas garotinhas que estouraram com cheer Up e TT (Até Like Ooh-Ahh eu gostei mais por ser um teencrush gostosinho de ouvir).

Claro que eu hoje deito para o Twice com sucesso, mas não me assumo como Once da mesma forma que me assumo Cheshire ou SONE. Claro, não sabemos como as meninas vão seguir em carreira solo e tals, sendo que talvez somente Nayeon e a Jihyo saiam mesmo com alguns minis futuros, pois as outras 7 tenho certeza que ficaram como atrizes ou MCs, ou aproveitar o dinheiro que a poupança render do money que elas devem ter.

Hoje, por sinal, já não tenho um ódio, e vejo bem que Twice segue a linha do que o Girls’Generation entregaram anteriormente, tanto como fama, como discografia. Prova disso, se focarmos em números, são as vendas dos últimos anos.

E ficamos com aqui com eu falando de um grupo relativamente novo, mas que teve comeback mais que metade do mundo do Kpop. Até uma próximo pauta.

5 respostas em “Minha história com: Twice”

Twaisu!!
Eu descobri elas por Likey também. Eu me lembro de ficar encantada com a beleza da Sana e da Jihyo e achar a música super legalzinha
Sou mais adepta ao aegyo do que a maioria dos capopeiros internacionais. Twice me conquistou pela identidade divertida e músicas grudentas (e meninas lindas). Acho que não desgosto de nenhuma title delas kkk
Já tive minha fase “Twice mania” em que eu assistia tudo que era delas, mas nunca cheguei a virar Once, nem acompanhava os lançamentos pois quando descobri elas eu ainda era muito novata nesse treco de kpop e nem sabia por onde começar direito ou como as coisas funcionavam
Durante minha fase Twice eu decidi ver Sixteen e meu respeito pelo grupo subiu pra outro nivel. Além de ter me apaixonado por outras participantes também (Somi, Chaeryeong, Natty e Jiwon, eu literalmente acompanhei até ver quase todas debutando #JusticeforNatty)
Desde então Twice tem um lugarzinho especial no meu coração por ser um dos primeiros grupos que vi.

Curtido por 1 pessoa

Só fui começar a me interessar por elas depois de ver o reality show que formou elas (muitos anos depois do reality show em questão ser transmitido).

Infelizmente nenhuma música realmente “colou” comigo; gosto de Likey e dos singles recentes que foram pra uma linha mais “sexy chique”, mas ainda não tem uma música delas que me faça ter vontade de parar o que estou fazendo pra ir escutar. Acaba que eu gosto mais das integrantes que do trabalho delas em si; simpatizei bastante com o vozeirão e a beleza da Jihyo (pena que ela emagreceu, porque a fase cheinha dela no SIXTEEN tava PERFEITA pra mim), o carisma da Nayeon, os raps da Chaeyoung, o sex-appeal absurdo da Momo e da Sana, a atitude de “f***-se” da Tzuyu, a androginia da Jeongyeon… só a Mina e a Dahyun que não fazem falta pra mim.

Curtido por 1 pessoa

Twice me pegou mesmo só depois desse novo conceito. Hoje em dia espero ansiosa os comeback. Gostei muito de Like e What’s your love (é esse o nome?) me pegou pelas referências no clipe. O resto… bem…. são bobagens enjoativas haha Mas não nego a capacidade chiclete das músicas, até hoje lembro da melodia da maioria delas e isso é raro pra mim. Cheguei a ver o reality show e a arbitrariedade do JYP é o auge do programa haha

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s