Categorias
BTS Full Álbum/LP

Finalmente BTS lançou o MV de ON

Como todos sabem, a BigHit tomou um chá de ervas bem estranhas e dicidiu ocidentalizar os lançamentos do BTS, sendo que teve 3 pré-releases, 1 MV performance da title no dia do lançamento do álbum e, só depois de uma semana, que tivemos o MV oficial de ON. Devido a isso, e por já haver duas pautas sobre eles, vou comentar mais sobre o MV e atualizo a nota que tem no Álbum Review.

Podemos reclamar de tudo da BigHit, mas o que não podemos negar é que a plantação de ervas duvidosas que deve haver no quintal da empresa deve ser o melhor do mundo, porque vai ter MV brisado como esse lá longe, hein?

Produção e fotografia são ótima, tanto que eu vi uma evolução nítida dos comebacks anteriores, tanto que eu mesmo acho que a BigHit pode fazer uma parceria com a Netflix para produzir filmes, porque visualmente está tudo muito ótimo. Entretanto, não posso dizer o mesmo de roteiro.

Sabemos que a equipe de fanfics da empresa também é muito boa, então as teorias que rondam os clipes são sempre um ápice de tudo. Ao meu ver, os que possuem teoria mesmo, que dá para alimentar vídeos e mais vídeos de análise, são Blood, Swear & Tears, I Need U e Fake LOVE, porque o resto é invenção da cabeça das armys. ON fica bem atrás no sentido mesmo, porque tem um monte de cenas entrecortadas, coreografia fica mesmo na parte do break que, por sinal, é a que menos encaixa na música, mas a única que eu gostei realmente no MV e eles poderiam ter diluído o clipe dessa cena, não dá pataquada cena pós-guerra que enfiaram goela abaixo.

Tivemos referência ao Rei Leão, como BTS o salvador da pátria antes da partida ao exército e poderiam dar um hiatus gostoso depois disso para a gente fingir que BTS foi aquele ápice momentâneo no Kpop mesmo (Mas creio que, futuramente, eles será tipo Girls’Generation: do nada, o nome sobe na Gaon por um momento nostálgico de toda a Coreia).

Como eu resumi no Twitter o MV, eu fico entre “Brega, sem nexo, mas com uma cena que eu gostei”. Assim, sobre a atualização da nota do álbum, eu fiz as minhas contas e, olha que surpresa, não mudou bosta nenhuma e ainda acho um comeback bem abaixo da média do que o BTS poderia fazer (Quem sabe não faço um Review futuramente do Love Yourself para ver mesmo se tudo não manteve a mesma linha).

Disso, ainda mantenho a ideia de que a Era Map Of The Soul continuará com a nota 62/100. Então, bom ódio aí nos comentários para as armys, bom dia para o resto e beijos!

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s