Categorias
Análises Álbum Review Álbuns KPop Mini Álbum/EP Moonbyul RBW

Moonbyul emulou boygroup e rendeu uma farofa de gosto duvidoso

E aí, meu povo? Isso aqui era para ter sido feito na sexta-feira, porém euzinho aqui estava doente e não saí da cama no dia porque me deu um sono eterno durante o dia todo. E isso durou até agora há pouco desse fim de noite de domingo, em que eu estou aqui fazendo essa pauta para sair antes da madrugada porque temos o retorno, triunfal ou não, do IZ*ONE amanhã. Então bora ver o que a dona Moonbyul nos entregou.

A title Eclipse seria algo que qualquer boygroup emularia um conceito dark hypado em cima de qualquer MV lotado de teoria tosquíssima que cansaria a minha beleza, mas que eu daria uma chance apenas para gongar aqui de forma delicada para a fanbase não me ridicularizar nos comentários. Entretanto, como é uma girl de um grupo famosíssimo, vamos dar um lucro, ainda mais que o comeback anterior veio com aquele retrô que ninguém engole a não ser que você seja um coreano de classe média que engole apenas esse estilo.

Com um instrumental voltado ao eletrônico e muito acorde de rock, dona Moonbyul emulou um hip-hop gostosinho de ouvir em que fez até que bom uso de seus vocais, não chegando a um high note, marca registrada do Mamamoo, e entregou uma farofa gostosinha de ouvir, mesmo que canse depois de algumas ouvidas, então ela estará em outras playlists minhas, e não as principais.

MV segue bem a linha Moonbyul de ser, algo com coreografia forte, como vimos no Queendom, com essa ideia de rainha, de eclipse e tals, a fotografia é bem bonita, foca na beleza dela.

O segundo (cadê o primeiro?) mini álbum dela tem cinco tracks, sendo inéditas ou não, mas o que vale é o fandom ter as melodias no físico. Mirror foi revelada ano passado depois do Queendom aproveitando o hype que o grupo estava, então preencher o espaço com essa balada vocal lotada com um ritmo rock-pop de fundo vale muito a pena, principalmente que a Moonbyul não arranca perucas com os vocais, mantendo-o bem nivelado e gostosinho de ouvir.

ILJIDO tem cara de title caso a RBW quisesse queimar mais um MV com essa pegada retrô, embora esse aqui tenha um ar mais jovial, com o toque de xilofone e teclado ao fundo. Só que eu vejo a bonita cantando isso aqui em uma esteira de praia enquanto beberica um drink para o verão. Moon Movie é a famosa demo de hip-hop básico que qualquer rapper estadunidense tem na discografia e é claro que gastariam um espaço com isso aqui, seria bem passável senão fosse pela bonita mandar bem no rap dela. Por fim, encerramos com Snow, a famosa baladinha vocal no piano.

Conclusão:

Title: 7/10.

MV: 8/10.

Álbum Tracks: 23/30

Nota final: 38/50

Considerações finais:

Minha nota vale nada, uma vez que a bonita faz sucesso e vendeu quase mais que o GFriend em um dia o que as bonitas fizeram em duas semanas, e olha que as namoradinhas vendem bem pacas. Ou seja, ricas e famosas. O trabalho da Moonbyul foi muito bom, bem dentro do que ela entrega, então ponto a ela. Agora, veremos como será na carreira solo dela e muito sucesso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s